6 mitos e verdades sobre acetona e removedor de esmaltes: saiba como os produtos agem nas unhas

Descubra 6 mitos e verdades sobre a acetona e o removedor de esmaltes! (Foto: Shutterstock)
Existem diferenças entre a acetona e o removedor de esmaltes, como a intensidade do solvente e o risco de ressecamento das unhas e cutículas (Foto: Instagram @galichaiaolga)
Limpar as unhas com acetona ou removedor de esmaltes? Saiba quais são os 6 maiores mitos e verdades sobre os produtos! (Foto: Colorama)
Descubra 6 mitos e verdades sobre a acetona e o removedor de esmaltes! (Foto: Shutterstock)

Existe diferença entre acetona e removedor de esmaltes? A acetona faz mal? O removedor é melhor? Pra tirar todas as dúvidas, o Tudo Sobre Make desvendou 6 mitos e verdades sobre esses dois tipos de produtos que têm a mesma função: retirar o esmalte das unhas. Confira!

1 - Removedor de esmalte e acetona são iguais

MITO. Apesar de terem a mesma função, que é retirar os esmaltes, a acetona e o removedor são diferentes! A acetona é um solvente muito potente e remove o esmalte mais rápido, mas sua solução não tem componentes hidratantes e pode deixar as unhas ressecadas. Já o removedor de esmalte é uma mistura de óleos, vitaminas e outros ingredientes hidratantes com uma quantidade bem pequena de acetona, mas que é suficiente para remover qualquer tipo de esmalte.

2 - A acetona enfraquece as unhas e resseca as cutículas

MITO. A acetona não deixa as unhas mais fracas. O que acontece é que ela contém substâncias que podem causar ressecamento e opacidade na unha e também da pele ao redor dos dedos, e por isso, se a área não receber hidratações constantes com cremes específicos, elas podem, sim, ficar mais fracas e quebradiças.

3 - É preciso esfregar muito as unhas com removedor?

MITO. Apesar de a acetona "derreter" o esmalte muito mais rápido, hoje em dia não é preciso esfregar as pontinhas dos dedos com removedor até retirar o esmalte. A quantidade de acetona composta nos removedores é suficiente para remover de forma saudável. Um truque para agilizar a retirada é umedecer um pedaço de algodão com o produto e deixar sobre as unhas por alguns segundos. Depois, é só arrastar para a ponta.

4 - Acetona deixa as unhas esbranquiçadas?

VERDADE. A acetona deixa as unhas mais ressecadas e um dos danos desse ressecamento é o aspecto esbranquiçado na superfície das unhas - principalmente nas mais sensíveis ou naturalmente quebradiças. A dica, nesse caso, é sempre hidratar as unhas e as cutículas, dar uma pausa de alguns dias sem esmalte e optar pelo removedor da próxima vez que for fazer as unhas.

5 - O removedor de esmaltes pode hidratar a pele?

VERDADE. Diferente da acetona, o removedor de esmaltes contém óleos e outras substâncias que hidratam a pele, além de alguns deles também serem hipoalergênicos. Dessa forma, eles removem o esmalte ao mesmo tempo em que hidratam a pele em volta das unhas, evitando também o aspecto esbranquiçado da superfície delas.

6 - Não é indicado usar acetona para retirar o esmalte de unhas artificiais

VERDADE. As unhas artificiais de acrílico são como unhas sensíveis, e como o poder solvente da acetona é maior, podem danificar mais rápido. Nas unhas de fibra, por exemplo, que são como se fossem de vidro, a acetona não danifica tanto, mas ainda assim, é indicado optar pelo removedor para que elas não fiquem opacas ou que não provoquem alergia.

Redação: Beatriz Doblas