Faz as unhas em casa? Confira 6 erros que você pode estar cometendo

Dá pra fazer a unha em casa e ter resultado profissional, sim! (Foto: Instagram @tines_momente)
Seguindo essas dicas, suas unhas vão ficar saudáveis e lindas (Foto: Instagram @marilyn_nail_art)
Ter um kit manicure em casa é essencial para cuidar bem das unhas (Foto: Instagram @tines_momente)
Dá pra fazer a unha em casa e ter resultado profissional, sim! (Foto: Instagram @tines_momente)

Fazer as unhas em casa é uma opção muito prática para quem tem uma rotina corrida e acaba ficando sem tempo. Se você gosta de manter as unhas sempre bonitas e bem feitinhas, essa pode ser uma boa alternativa para aqueles momentos que você não consegue ajustar a sua agenda à da sua manicure.

Mas, é importante tomar alguns cuidados para ter certeza que suas unhas vão ficar lindas e durar bastante tempo. Vem conhecer alguns errinhos que muita gente comete - e por que você não deve fazer isso!

Quais são os erros mais comuns na hora de fazer as unhas em casa?


1. Deixar de usar base: muitas pessoas pulam essa etapa, mas você não deve fazer isso. O tempo que você economiza deixando de aplicar a base nas unhas não compensa, já que é ela que prepara e protege suas unhas para receber o esmalte e pode ajudar a fortalecê-las. Por isso, é recomendado usar sempre uma base de tratamento.

2. Compartilhar seus utensílios com outras pessoas: itens como alicate e espátula devem ser individuais e precisam ser mantidos sempre limpos. Como são usados na pele fininha ao redor das unhas e frequentemente surgem machucadinhos nessa região, esses utensílios podem causar infecções se forem compartilhados ou se estiverem sujos.

3. Aplicar esmalte em excesso: é verdade que o ideal é utilizar duas camadas de esmalte para garantir uma maior duração, mas exagerar na quantidade pode acabar tendo o efeito contrário. Se você aplicar camadas muito espessas, o esmalte tem mais chance de amassar e acaba durando menos tempo.

4. Retirar toda a cutícula: muita gente tem o costume de tirar demais a cutícula por questões estéticas. Mas isso não é uma boa ideia, já que essa pele funciona como uma proteção para as unhas e ajuda a evitar infecções. É melhor utilizar um redutor de cutículas e afastar com uma espátula. Retire apenas aquelas pelinhas que ficam mais soltas e levantadas.

5. Mergulhar as unhas em água antes da esmaltação: outro costume bastante comum é deixar as mãos mergulhadas em um potinho com água para amolecer as cutículas. O problema é que a água em excesso pode deixar as unhas mais frágeis, além de prejudicar a fixação do esmalte. Que tal substituir a prática pelo uso de hidratantes ou redutores de cutículas?

6. Fazer movimento de vai-e-vem na hora de lixar as unhas: esse movimento pode fazer as unhas descamarem e ficarem enfraquecidas. O melhor é usar a lixa em apenas uma direção. Se as unhas estiverem compridas e você quiser reduzir o tamanho, corte-as antes e depois use a lixa.

Redação: Gabrielle Nunes