Histórias de manicure: 4 profissionais contam situações engraçadas que já passaram com suas clientes. Vem ver!

Já imaginou quanta história uma manicure tem para contar? Deixamos que elas falassem algumas e o resultado foi para lá de divertido! (Foto: Shutterstock)
Uma boa manicure faz bem mais do que só tirar cutículas e decorar unhas com nail arts da moda (Foto: Shutterstock)
Fazer as unhas pode ser mais divertido do que parece! Continue lendo a matéria e saiba porquê (Foto: Shutterstock)
Já imaginou quanta história uma manicure tem para contar? Deixamos que elas falassem algumas e o resultado foi para lá de divertido! (Foto: Shutterstock)

O que uma boa manicure tem de sobra são esmaltes da moda sempre à mão, ideias bem criativas para nail arts caprichadas e, é claro, histórias para lá de engraçadas para contar! Afinal de contas, passar tanto tempo com as clientes não poderia render nada diferente, né? Pensando nisso, chegou a hora de matar a curiosidade: 4 profissionais nos contaram alguns deles e o resultado foi, no mínimo, bem engraçado. Vem ver a matéria e se surpreenda!

Sueli Pinhate: "Tem café?"

"Eu trabalhava em um salão e, enquanto fazia as unhas da cliente, pedi para que ela escolhesse o esmalte que gostaria de usar. Lá pelas tantas, ela me perguntou: 'Tem café?', e eu respondi: 'claro!'. Aí prontamente levantei e peguei o esmalte. Nessa hora ela olhou e disse: 'não, eu quero café para tomar!'", lembra Sueli.

Anny Moreira: "Que cheiro é esse?!"

"Eu trabalhava num salão só com uma cabeleireira e minha cliente chegou para ser atendida, só que ela tinha acabado de sair do serviço onde ficou quase 12h e foi para lá com uma sapatilha bem velhinha. Na hora que ela tirou o sapato subiu um chulé terrível!

Eu fui ao banheiro para pegar água e a cabeleireira fez sinal pra que eu jogasse aqueles aromatizantes de ambiente no salão, mas eu tava quase levando o vidro do produto para colocar no pé dela mesmo!

Foi aí que a cabeleireira fez um sinal confuso e eu fiquei sem saber o que fazer. Só depois que a cliente foi embora que entendi: era para aromatizar o banheiro para que o cheiro chegasse no resto do salão!", conta Anny.

Sueli Martins: "Pé e mão, pão e mé..."

"Uma cliente chegou para marcar seu horário comigo uma vez, mas acredito que ela estivesse com algum problema pessoal, não sei, só sei que ela me disse: 'marca pra mim um horário, eu quero fazer PÃO e MÉ!'. Coitada, ela ficou tão envergonhada que não voltou mais!", lembra a manicure.

Larissa Melo: "Tem desconto para oito unhas?"

"Das muitas histórias, tenho uma rapidinha... uma vez fui fazer o pé de uma moça que não tinha as unhas nos mindinhos dos dois pés e, na época, a pedicure custava dez reais. Acredita que ela queria pagar só oito reais por ter apenas oito unhas?! Rimos muito e ela acabou pagando os dez... chorando!", se diverte a manicure.

Redação: Raquel Carletto