Mitos e verdades sobre cuidados com as unhas

Descubra o que é mito e o que é verdade no cuidado com as unhas
Descubra o que é mito e o que é verdade no cuidado com as unhas

"É preciso dar uma pausa entre uma esmaltação e outra"; "Esmaltes escuros fortalecem as unhas"; "Faz mal retirar as cutículas": essas são apenas algumas afirmativas sobre os cuidados com as unhas que muita gente se pergunta se é verdade ou apenas mito. Pensando nisso, separamos uma seleção com algumas informações divulgadas por aí e conversamos com a manicure Gi Camargo para confirmar o que é verdadeiro e mostrar que algumas não passam de lenda. Confira e tire suas dúvidas!

Acetona dissolve esmaltes endurecidos

Verdade. A acetona consegue dissolver o esmalte e deixá-lo com uma textura mais homogênea. Mas, para Gi Camargo, a medida não é uma boa ideia, pois a acetona tem substâncias que podem causar o ressecamento das unhas e da pele ao redor dos dedos. "Existe, também, o mito de que a acetona enfraquece as unhas. Ela não as deixa mais fracas, mas resseca. Por isso, opto sempre pelo removedor", explica.

Formol no esmalte fortalece as unhas

Verdade. Mas, além de não ser indicado para pessoas alérgicas, o fortalecimento dado pelo formol é temporário e, depois de um tempo, as unhas podem acabar ficando quebradiças. O ideal é sempre buscar a ajuda de bases fortalecedoras com substâncias específicas, como a queratina, para manter as pontinhas dos dedos mais resistentes.

Tirar cutícula é prejudicial

Verdade. Por funcionar como uma barreira de proteção que impede a proliferação de bactérias, fungos e micro-organismos, o correto, segundo os dermatologistas, é mantê-la intacta. Para quem não pretende parar de cuticular, a manicure recomenda: "Por se tratar de uma proteção, tire só o excesso, sem aprofundar muito".

É preciso dar uma pausa entre uma esmaltação e outra

Esse é um dos temas de maior debate. Segundo algumas manicures e dermatologistas, a pausa é, sim, necessária, pois usar um esmalte atrás do outro pode causar fungos e deixar as unhas com as indesejáveis manchinhas brancas. Já os que acham que essa ideia não passa de um mito, alegam que, por se tratar de um tecido totalmente morto, a unha não precisa de descanso. Para Gi Camargo, a afirmação é mito, mas algumas medidas podem impedir possíveis danos: "Se a pessoa retirar o esmalte um dia antes da manicure e passar um óleo hidratante, massageando bem as unhas, já é suficiente. Não acho que precise de grandes pausas", explica.

Esmaltes escuros deixam as unhas mais resistentes

Mentira. A fórmula dos esmaltes é a mesma; o que causa sensação de unhas mais fortes é a diferença de consistência entre as cores escuras e claras.

Água fria evita que o esmalte dê bolinhas

Verdade. Quando a temperatura do corpo está quente, o esmalte fica molhado por mais tempo e, por isso, a chance de ficar com aspecto empelotado é bem maior. "No calor, principalmente, sempre peço para minhas clientes lavarem as mãos na água fria", afirma Gi.

Esmalte colorido mancha a unha

Outro tema de opiniões divididas. Para algumas manicures, não passa de um mito e as manchas só surgem se o esmalte não foi removido corretamente. Mas, para outras, o uso constante de cores mais fortes pode deixar as unhas com o desagradável aspecto amarelado. Gi Camargo faz parte do time que acredita na afirmação: "Se o esmalte tem muito pigmento e as unhas estão porosas, é possível que se formem algumas manchas, sim", explica.