Unha francesinha: 5 formas para fazer sozinha e acertar na técnica!

Sem habilidade para fazer a francesinha? Descubra 5 técnicas para não ter mais erros!
Sem habilidade para fazer a francesinha? Descubra 5 técnicas para não ter mais erros!

A francesinha faz parte do grupo de nail arts que nunca sai de moda! Perfeita para diferentes ocasiões e com um toque clássico e super delicado, ela é queridinha da maioria das esmaltemaníacas - tanto que, até quem não é fã de unhas decoradas, já apostou no estilo para completar algum look especial. Mas, para aquelas que fazem a pontinha dos dedos na própria casa, fica a pergunta: você sabe os truques certos para não errar na hora de criar a pontinha branca? Confira a matéria e veja 4 modos diferentes para acertar o detalhe!

1 - Com fita adesiva

Um dos modos mais precisos de fazer a francesinha é contando com a ajuda de uma fita adesiva. Para fazer, é bem simples: corte pequenos pedacinhos de fita e cole-os na superfície da unha, sem esquecer de levar em conta a espessura que deseja para definir o espaço entre ele e a pontinha. Depois, basta pintar a parte superior à fita com um esmalte branco leitoso e esperar secar para retirá-la e finalizar com a base ou o branco translúcido por cima.

2 - Com o próprio pincel

Para quem não quer perder muito tempo colando e descolando adesivos e está em busca de uma maneira mais prática, a dica é fazer o traço branco da francesinha com o próprio pincel do esmalte, passando-o em linha reta na pontinha da unha. Mas, atenção: embora pareça mais rápida por não precisar da ajuda de outros acessórios, vale lembrar que essa técnica exige bastante cuidado e atenção para que o detalhe fique certinho e não prejudique o charme desse estilo de nail art.

Sendo assim, uma boa dica para ter mais precisão no desenho e evitar erros no comecinho da linha é deixar algumas cerdas do pincel para fora e pintar, também, a parte de trás do dedo. Depois, é só limpar tudo com removedor de esmaltes e pronto: unhas prontas para a próxima etapa da esmaltação!

3 - Com o polegar

Outra boa opção para quem quer tentar a francesinha de um jeito mais rápido é criar o detalhe com o polegar. Para fazer desse jeito, basta depositar um pouco do esmalte branco translúcido nas costas do dedo e, depois, transferi-lo para a pontinha seguindo o formato das unhas. Nessa técnica, assim como acontece com o pincel, é preciso tomar cuidado para não entortar o desenho; mas, além disso, também é importante ficar atento à quantidade de esmalte colocada no dedão para não ter que se preocupar com a retirada de excessos no final da manicure.

4 - Com palito

A técnica com palito também é uma boa pedida para facilitar o desenho da francesinha clássica e chama atenção por contar com a vantagem de não exigir um cuidado muito grande na hora de criar o detalhe. Nela, o que acontece é o seguinte: basta depositar o esmalte branco leitoso despropositadamente na pontinha das unhas e, depois, usando o palito, delinear o formato de acordo com a espessura desejada. Para finalizar, é só unir o palitinho ao algodão com removedor de esmaltes para tirar os excessos e deixar a decoração impecável.

5 - Com esponja

Para as esmaltemaníacas que desejam uma releitura do estilo clássico, recorrer à técnica da esponja é uma boa maneira de fazer a francesinha. Por contar com um traço indefinido e menos marcado, essa versão é conhecida pelo nome "ombré" e chama atenção na pontinha dos dedos por unir moderninho e o delicado.

Para a alegria de quem se interessou por esse modelo, é super simples de fazê-lo: basta depositar o esmalte branco na esponja e pressioná-la delicadamente na pontinha das unhas. Se desejar um detalhe mais destacado, o segredo é repetir o processo até conseguir a textura desejada; mas, se preferir a nuance mais discreta, é só finalizar com a esmaltação e pronto!