Unhas: entenda a diferença entre esmalte metalizado, perolado e cintilante

Os metalizados podem ter seu brilho comparado ao do ouro ou aço, com um aspecto mais uniforme que os outros
O brilho dos esmaltes cintilantes vem de pequenas partículas que refletem a luz
Para notar a diferença dos perolados é preciso olhar para o seu nome de origem e lembrar do brilho da pérola, que é delicado e discreto, perfeito para as românticas
Os metalizados podem ter seu brilho comparado ao do ouro ou aço, com um aspecto mais uniforme que os outros

Existem algumas dúvidas de beleza que dão um verdadeiro nó na cabeça e uma delas é a diferença entre esmaltes metálicos, perolados e cintilantes. Os três são itens insubstituíveis no acervo de cores das loucas por esmaltes, mas cada um carrega um brilho diferente que pode ser identificado com um olhar mais atento. Descubra as características que os diferenciam e decida qual deles é seu preferido.

Metalizados ganham na cobertura

Mais fácil de distinguir entre os três, o metalizado tem um aspecto bem parecido com o de metais como aço e ouro. O brilho desses esmaltes é mais liso e uniforme que o dos perolados e cintilantes, além de ter uma cobertura que ganha de longe como a mais eficiente.

Se a intenção é injetar glamour em algum look rocker ou compor algum visual com brilho exagerado essa é, sem dúvidas, a melhor opção. Os tons mais abertos de dourado e prata ganham destaque na versão metalizada e podem ser vistos de longe.

Cintilantes são mais delicados

A diferença entre cintilantes e perolados é sutil, mas fica fácil de notar se pensarmos que o brilho do primeiro vem de pequenas partículas que refletem a luz. Diferente dos metalizados, a cobertura dos cintilantes é bem fraca, quase transparente, o que faz dele uma ótima opção de acabamento sobre esmaltes cremosos.

Como o efeito é delicado, esse tipo de brilho acaba se tornando um coringa e pode ser usado por cima de qualquer cor, desde as claras até o vinho mais escuro. O importante é não passar muitas camadas para não alterar muito o tom de baixo.

Perolados são românticos e clássicos

Assim como acontece com os metalizados, para notar a diferença dos perolados também é preciso olhar para o seu nome de origem e lembrar do brilho da pérola, que é mais delicado e discreto que o de um metal e não reflete tanta luz quanto as partículas do cintilante. O meio-termo fica também na cobertura, que não é tão densa quanto a dos metalizados, mas bem menos translúcida que a dos cintilantes.

Esse tipo de brilho é perfeito para as mais românticas e tem o seu melhor desempenho quando usado com esmaltes de cores claras. Os tons pastel, que estão em alta nesse verão, são uma boa pedida para usar por baixo de uma cobertura perolada e conferem um visual doce às mãos.