A história do esmalte nas últimas décadas: confira 100 anos de tendências em unhas

Descubra o que foi tendência em cada década
Descubra o que foi tendência em cada década

Viajar pela história da moda nas últimas décadas é um passaporte para o encantamento e o mesmo acontece com as unhas. Assim como os vestidos rodados e as estampas de bolinhas fazem a alegria das fashionistas, as apaixonadas por esmaltes também merecem saber o que foi tendência em matéria de cores e nail arts no último século. Confira essa linha do tempo feita pela top manicure Pattie Yankee em conjunto com o site "thefashionspot.com".

Década de 1920 marcou o início do esmalte como conhecemos hoje

Inspirados nas pinturas de carro, os primeiros esmaltes tinham cores básicas e certeiras como o vermelho que é queridinho até hoje. Já nessa época as mulheres começaram a investir nas nail arts e a meia-lua, que voltou com tudo nos últimos anos, era o desenho mais usado.

Anos 1930 e 1940 foram marcados pelo aumento da oferta de cores

Se no começo as mulheres só tinham opções muito básicas para pintar as unhas, as décadas seguintes ofereceram uma oferta cada vez maior de esmaltes. O acabamento desses produtos ficou mais sofisticado e a essa altura já era possível achar alguns com cobertura opaca nas lojas.

Mulheres dos anos 1950 faziam questão de unhas alongadas

Na década de 1950, unhas longas eram alvo de desejo do público feminino e foi nessa época que surgiu a técnica de criar extensões de acrílico. A manicure Pattie Yankee, que tem na cartela de clientes nomes como Katy Perry, Allison Williams e Pink, explica que no início o acrílico vinha dos consultórios dentários: "muitas manicures pegavam seus produtos com dentistas. Isso logo foi considerado muito perigoso para aplicar nas unhas, então produtos de acrílico seguros e profissionais foram criados", contou.

Esmaltes clarinhos eram os preferidos das mulheres nos anos 1960

Até esse momento o vermelho era de longe o esmalte preferido do público feminino, mas na década de 1960 as coisas mudaram. Os esmaltes claros e delicados, como os de tom pastel, dominaram as mãos nesse período.

Década de 1970 trouxe a tona a clássica francesinha e novos formatos de unha

Nesse período da história as mulheres desenvolveram um estilo todo especial para as unhas e passaram a usar dois clássicos que são queridinhos até hoje: "o formato mudou de unhas amendoadas para as mais quadradas e as francesinhas se tornaram extremamente fashion", diz a manicure.

1980 foi a década da criatividade e traz inspiração até hoje para as loucas por esmalte

Na década em que o exagero era celebrado pela moda, as unhas também ganharam uma enxurrada de informações em forma de nail arts: "isso inclui múltiplas cores de esmalte aplicadas em uma única unha, airbrushing, pintura à mão livre, enfeites, penas, tons vibrantes de rosa, tonalidades neon e esmaltes dourados", diz Pattie Yankee.

Minimalismo e unhas naturais marcaram o final dos anos 1990

Assim como aconteceu com as roupas, as unhas também foram por um caminho minimalista depois de todo o exagero dos anos 1980. "No final dos anos 1990 e início dos anos 2000 as unhas naturais se tornaram populares de novo", diz a profissional.

Anos 2000 são marcados pela grande oferta de cores e pela volta das nail arts

Quem vai à farmácia ou a uma loja de produtos especializados fica perdida no meio de tantas tonalidades oferecidas pelo mercado - agora cada mulher pode adequar as cores dos esmaltes à sua própria personalidade. Os últimos anos também foram marcados pela volta das nail arts: "nail art 3D, glitter e estilos japoneses estão sendo usados por todos os tipos e classes de mulheres. O formato também voltou para o amendoado original e para outros ainda mais dramáticos, como o stiletto", diz Pattie Yankee.

Manicure acha que o futuro seguirá essa volta ao passado

Seguindo a lógica dos últimos anos, que trouxeram de volta as nail arts divertidas dos anos 1980, Pattie Yanke acha que as unhas vão continuar nesse caminho mais ousado e aponta os dourados como os próximos queridinhos entre os esmaltes.