A maquiagem de Jerry Hall, símbolo da era disco

A maquiagem de Jerry Hall era típica da era disco, com olhos delineados e batom vermelho
Jerry Hall foi uma das modelos mais requisitadas dos anos 1970
A maquiagem com lábios vermelhos e olhos marcados por sombra em tons que variavam entre marrom e dourado se tornaram marca registrada da modelo e ex-mulher de Mick Jagger
A filha de Jerry, Georgia May Jagger, usou visual parecido com o eternizado pela mãe em capa da revista Vogue
A maquiagem de Jerry Hall era típica da era disco, com olhos delineados e batom vermelho

Jerry Hall foi uma das modelos mais importantes dos anos 1970. Alta, com longos cabelos loiros e olhos azuis brilhantes, ela estampava capas de revista, desfilava em passarelas de moda e estrelava clipes de música. Ícone do mundo fashion e da cultura pop, Jerry se destacava por sua sensualidade e era vista com frequência nas casas noturnas com visual ousado, de olhos delineados e batom cintilante.

Maquiagem disco: destaque para olhos e lábios

A maquiagem de Jerry era bem popular durante a era disco. Os olhos eram o destaque deste visual extravagante, já que eram realçados por sombras esfumadas com puxadinho para o canto externo, de preferência em tons de marrom e dourado. Para finalizar a região, a modelo usava um traço alongado de delineador na pálpebra superior e muitas camadas de máscara para alongar e dar mais volume aos cílios.

Mesmo com a área dos olhos bem destacada, Jerry coloria também a região da boca de forma chamativa. Sua cor de batom preferida era o vermelho, que podia aparecer nas mais variadas tonalidades, desde o aberto até o vinho intenso. Como pedia a moda da época, a modelo complementava o batom com uma cobertura de gloss incolor, ideal para deixar o look mais provocante e garantir a impressão de lábios mais grossos.

Visual é atemporal e já foi usado por filha modelo

O visual da modelo, apesar de ser a cara dos anos 1970, é atemporal e pode ser adaptado para os dias de hoje. O estilo divertido transmite uma beleza despretensiosa e confiante. Sua filha, Georgia May Jagger, que também investe na carreira de modelo, apareceu na capa de edição norte-americana da revista "Vogue" com maquiagem bem parecida com a eternizada por sua mãe, com olhos delineados por sombra colorida e lábios vermelhos.

Jerry foi uma das modelos mais requisitadas de sua época, e em apenas dois anos, estampou mais de cinquenta capas de revista. Musa de Andy Warhol, ela se tornou símbolo de elegância. Popular no meio artístico, Jerry conquistou o líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, com quem foi casada por vinte e um anos e teve quatro filhos.