Blush perfeito: confira sete erros cometidos na hora de aplicar o produto

Descubra o que não se deve fazer na hora de aplicar o blush
Descubra o que não se deve fazer na hora de aplicar o blush

O blush está entre os produtos mais fundamentais da nécessaire feminina e tem o poder de deixar qualquer mulher com um ar mais saudável. Apesar de toda a sua utilidade, o produto pode se tornar o pesadelo da maquiagem se não for corretamente aplicado, e foi por isso que Angela Melero, editora do site makeup.com, revelou seus palpites sobre o que pode dar errado na hora de corar as bochechas. Confira os maiores erros cometidos diariamente e conquiste uma aplicação perfeita.

1 - Aplicar o blush muito abaixo das maçãs do rosto

É preciso ter cuidado para nunca aplicar o blush abaixo da altura das narinas. Do contrário, o produto pode "puxar a expressão para baixo", gerando uma aparência mais velha. O ideal é sorrir para um espelho antes de aplicar o produto e passar o pincel na área das bochechas que ficarem mais altas.

2 - Aplicar o blush muito acima das maçãs do rosto

Assim como aplicar o blush muito embaixo das bochechas pode pesar a expressão, passar o produto em uma parte muito alta do rosto também não traz bons resultados. Ultrapassar as maçãs do rosto e se aproximar da área dos olhos traz um visual nada natural.

3 - Escolher o tom errado

Se escolher o tom errado de base pode trazer artificialidade para a maquiagem, usar um tom apropriado de blush para a sua pele também pode fazer toda a diferença. As branquinhas devem optar por blushes rosados ou pêssego, enquanto as mulheres de pele morena têm nos tons terrosos seus melhores amigos. As negras podem apostar em tons de vinho e marrom, e quem se encaixa no grupo das orientais deve investir em tons rosados com pigmentos bronze e marrom.

4 - Não espalhar direito

O propósito original do blush é trazer aquele efeito corado que se conquista ao pegar sol ou fazer algum tipo de exercício, mas para isso as bochechas não podem ficar com formatos marcados ou concentrados em um só lugar. O segredo é fazer movimentos amplos com o pincel e esfumar bastante.

5 - Usar o pincel errado

O formato dos pincéis de blush foi planejados especificamente para criar uma aplicação perfeita e natural, então invista em pelo menos um modelo para a sua nécessaire. Mais encorpado que as ferramentas usadas para aplicar sombra e menos grosso do que aquelas feitas para espalhar pó facial, o utensílio pode ser usado para as versões em pó, creme e líquida.

6 - Usar a textura errada

A pele feminina pode variar bastante e, para acertar na aplicação do blush, é preciso conhecer bem a sua. Quem tem essa área mais seca deve considerar a versão em creme do produto, mas se a cútis é oleosa a alternativa em pó é a mais indicada.

7 - Exagerar na cor

Um dos maiores erros que pode acontecer na hora da aplicação do blush é o exagero. Como o produto foi idealizado para parecer natural, usar um tom muito forte deixa a make artificial no ato, então vale a pena se policiar nessa questão. O segredo está em espalhar a cor aos pouquinhos até chegar no tom desejado: dessa forma não se corre o risco de aplicar muito de uma vez só.