Borrões nas laterais das unhas podem fazer o esmalte durar menos: saiba como evitar

Aprenda a evitar que os borrões façam a unha descascar
Aprenda a evitar que os borrões façam a unha descascar

Um dos maiores desafios de beleza de uma mulher é fazer a unha durar com aquela aparência de bem feita por mais tempo. Além de usar produtos como o top coat e colocar em prática alguns truques que ajudam, existe uma forma bem simples de chegar a esse objetivo: evitar os borrões na hora de pintar. Eles até podem parecer inofensivos à primeira vista, mas quando secam têm o poder de fazer o esmalte descascar mais rápido. Descubra porque isso acontece e o que fazer para evitar o problema.

Borrões podem ajudar o esmalte a descascar mais rápido

Quando o esmalte encosta nas cutículas que ficam ao redor das unhas, isso facilita que ele descasque mais rápido. O que acontece é que essa parte do produto que ficou grudada na pele vai sair aos poucos e pode levantar a que está fixada nas unhas: o resultado são aqueles pedaços que saem com facilidade. Segundo a manicure Andréia Oliveira, que atende no Esmalte Social Club, isso acontece principalmente com aquelas mulheres que não removem a cutícula com alicate, já que a área dos borrões fica maior.

Aprenda a não borrar dos lados e limpar os cantinhos como uma profissional

As únicas formas de prevenir essa falha são: fazer o possível para não errar com o pincel e limpar os borrões com precisão usando um removedor de esmaltes. Pode parecer impossível pintar as unhas sem borrar as laterais, mas Andréia garante que não é: "eu começo com uma pincelada no centro e só depois passo nas laterais", ensina. O maior truque, porém, ainda está em saber limpar os borrões com perfeição depois da esmaltação: uma vez que eles são removidos da maneira certa não há mais o risco de descascarem.

Para quem tira as cutículas com um alicate, Andréia diz que a receita é simples: "basta fazer o contorno ao redor das unhas com um palito e algodão embebido em removedor de esmaltes", diz. Já para aquelas que conservam a estrutura, a fórmula é diferente: "tem que contornar só dos lados e, quando chegar embaixo, deitar o palito para passar delicadamente por cima da cutícula", detalha.