Descubra 7 hábitos que podem prejudicar suas unhas!

Alguns cuidados básicos podem ajudar a fortalecer as unhas e deixá-las muito mais saudáveis e bonitas
Alguns cuidados básicos podem ajudar a fortalecer as unhas e deixá-las muito mais saudáveis e bonitas

Engana-se quem pensa que as unhas são apenas um detalhe a mais que ninguém nota: com o formato e esmalte certos, elas são capazes de levantar qualquer produção e deixar um look básico muito mais estiloso. Mas, para que estejam sempre bonitas, é preciso tomar alguns cuidados e fugir de hábitos aparentemente inocentes que podem acabar detonando com o visual e a saúde delas. Confira mais detalhes!

1 - Puxar o esmalte quando as unhas começam a descascar

Quando passam alguns dias desde a aplicação e o esmalte começa a descascar, é difícil controlar a vontade de puxar as pontinhas com as próprias unhas ou com o dente - principalmente quando a semana está acabando e você sabe que já está chegando a hora de renovar a esmaltação. Mas tirar o descascado com o dedo ao invés do removedor pode acabar causando enfraquecimento, aparecimento de manchas esbranquiçadas e partes mais altinhas na superfície - tudo porque a primeira camada protetora da unha sai junto com o movimento de puxar o esmalte. Então, se você não deseja deixar a pontinha dos dedos fraca ou com irregularidades, resista à vontade de descascar e só tire o produto usando o removedor próprio.

2 - Ficar com o mesmo esmalte durante muito tempo

Por falta de tempo, preguiça ou apenas porque as unhas ainda estão bonitas, muita gente acaba ficando muito tempo com o esmalte da semana nos dedinhos. Mas, apesar de não parecer nada demais, você sabia que essa medida pode acabar prejudicando a saúde das suas unhas? Segundo dermatologistas, a prática de manter o produto por muito tempo é uma das responsáveis pelo ressecamento e aparecimento das desagradáveis manchinhas brancas. Para não correr o risco de sofrer com nenhum desses problemas, a dica é não ficar com o esmalte por mais de cinco dias e dar uma pausa de dois até a próxima esmaltação.

3 - Mudar a cor de esmalte várias vezes na mesma semana

Da mesma maneira que é prejudicial ficar com o mesmo esmalte por muito tempo, trocar a cor constantemente também não é uma boa medida para manter a saúde das unhas. Com tantas tonalidades lindas disponíveis no mercado, é normal bater a vontade de renovar o look mais de uma vez na semana, mas, por causa do uso do removedor, essa prática também pode causar ressecamento na região.

4 - Ter mania de roer as unhas

Essa é uma prática que todo mundo já está cansado de saber que é super prejudicial para a pontinha dos dedos, mas não custa nada reforçar. Além de prejudicar a estética e atrapalhar o crescimento, essa mania - que não tem nada de inofensiva - pode acabar causando ondulações e outras deformações na superfície das unhas. Para quem tem dificuldades em controlar essa prática, um bom truque é não ficar muito tempo sem usar esmalte, já que o produto esconde a parte que costuma ser arrancada e ainda deixa a área com um gostinho desagradável que vai te desanimar de encostar a boca no local.

5 - Limpar a casa e lavar louça sem luvas

Além de diminuir - e muito! - a duração do esmalte, fazer limpeza sem luva causa ressecamento nas mãos, por causa dos produtos químicos, e ainda deixar as unhas muito mais suscetíveis à quebra. Por isso, quando for a hora da arrumar a casa ou de lavar a louça, não esqueça de deixar a região bem protegida com o utensílio.

6 - Não usar hidratante na região

Todo mundo quer ter unhas fortes e bonitas, mas, com a correria do dia a dia, acabam se esquecendo de um detalhe importante para conquistar esse objetivo: aplicar hidratantes específicos nas cutículas e nas mãos. Para quem não gosta de tirar a película protetora ao redor da pontinha dos dedos, essa medida é ainda mais necessária por permitir que a área fique bonita mesmo sem o uso do alicate; além disso, manter a hidratação em dia é garantia de crescimento saudável.

7 - Não cuidar da alimentação

De nada adianta tomar cuidado com o tempo do esmalte, evitar manias prejudiciais e caprichar na hidratação se você não mantém uma alimentação equilibrada. Assim como acontece com a pele e cabelo, a falta de determinados nutrientes e excesso de outros - como a gordura de fast foods, por exemplo - acabam se refletindo nas unhas, causando o enfraquecimento que toda esmaltemaníaca quer evitar. Por isso, manter uma dieta equilibrada e rica em vitaminas, além de consumir bastante água, é um dos cuidados indispensáveis para passar longe desse problema.