Dicas de beleza de Scarlett Johansson: atriz conta seus segredos de maquiagem

Scarlett Johansson é fã de batom vermelho e makes exuberantes
Scarlett Johansson é fã de batom vermelho e makes exuberantes

Dona de uma das belezas mais sensuais do mundo, Scarlett Johansson é uma fã declarada de maquiagem. A atriz, que sempre aparece com maquiagens deslumbrantes no tapete vermelho, revelou à revista Vogue suas maiores paixões em termos de beleza e como sua relação com os cosméticos foi construída desde a infância. Confira os segredos de beleza da atriz.

Batom vermelho e make exuberante são paixões da atriz quando se trata de maquiagem

Sempre rodeada de supermaquiadores, Scarlett Johansson conta que aprendeu com a incensada Pat McGrath a usar sem medo cores fortes nos olhos e lábios ao mesmo tempo. "Pat é ótima em looks muito ousados - ela me ensinou que você não tem que fazer um olho ou um lábio exclusivamente. Se você usar os dois juntos da maneira certa não vai ficar exagerado. Uma coisa é você pesar a mão em tudo, mas se a sua pele parece realmente fresca, por que não? ", disse indicando que o caminho para o sucesso desse tipo de make é fazer uma pele bem levinha.

Mesmo sendo uma defensora convicta das makes exuberantes, Scarlett Johansson também contou que precisa de pouco para se sentir linda com uma maquiagem: "batom vermelho sempre me faz sentir bem", disse a estrela entregando o seu item de maquiagem mais querido.

Scarlett Johansson adora se maquiar para festas, mas no dia a dia prefere um visual funcional

A atriz revelou à revista que sua relação de amor com os cosméticos vem de família e se manifestou bem cedo: "eu adoro maquiagem e tenho feito a minha desde que eu era uma menina. Minha mãe tinha uma bela coleção de maquiagem - eu sentava e assistia ela ficar pronta. Eu gosto disso, ao contrário de cabelo quando eu sou uma inútil", revelou.

Apesar de adorar se maquiar, a atriz revelou que usa poucos produtos no dia a dia: "eu sempre gostei de um look glamouroso, tanto para roupas quanto para maquiagem, mas na vida cotidiana eu sou muito mais andrógina, mais funcional. Eu vejo as meninas que têm aquela coisa toda com o cabelo e make e eu realmente admiro isso, mas é como um trabalho em tempo integral ", confidenciou.