Dicas para pintar as unhas com a mão não-dominante

Aprenda os truques que ajudam a pintar os dez dedos da mão com a mesma precisão
Aprenda os truques que ajudam a pintar os dez dedos da mão com a mesma precisão

A cena é clássica: você faz uma das mãos e a esmaltação fica perfeita, mas quando vai fazer a outra é um desastre. Tanto destras quanto canhotas têm dificuldades em fazer tarefas com suas mãos não dominantes e pintar as unhas pode ser uma das mais complicadas. Por sorte existem algumas dicas que ajudam a deixar os dez dedos bonitos de uma só vez e podem ser seguidas de casa por qualquer mulher.

Regrinha da aplicação perfeita é pré-requisito para uma boa esmaltação

A primeira informação fundamental para uma esmaltação perfeita, tanto na mão dominante quanto na outra, é que o pincel só precisa ser passado três vezes na unha. Depois de posicioná-lo na parte central da base das unhas perto das cutículas, o objeto deve cobrir primeiro a parte do meio sendo arrastado depois para as laterais esquerda e direita.

Estabilidade e calma são fatores fundamentais para aplicar esmalte com a mão não dominante

Para conseguir aplicar o esmalte com sucesso usando a mão não dominante, é preciso que as duas estejam descansadas em superfície plana como uma mesa: isso vai dar estabilidade e ajudará na precisão das pinceladas. Outra dica é fazer tudo bem devagar: a chance de fazer movimentos bruscos quase que involuntários e acabar errando é maior.

Aprenda duas formas de melhorar o desempenho da mão não dominante na hora de pintar as unhas

Como os movimentos podem ser um pouco descontrolados na mão dominante, a dica é deixá-la parada segurando o pincel enquanto a outra faz todo o trabalho. Posicione o objeto na base central da unha perto das cutículas e mova a mão dominante para baixo deixando o pincel escorregar por toda a unha. Repita o mesmo passo nas laterais esquerda e direita cobrindo completamente a área e a esmaltação estará pronta.

Quem ainda prefere mover o pincel ao invés das unhas, pode usar a mão dominante apenas para ajudar a outra e não para fazer todo trabalho. Enquanto passa as pinceladas, mova a unha que está sendo pintada de maneira a mexer o mínimo possível a mão não dominante.

Coloque a quantidade certa de esmalte no pincel

Como o pincel vai ficar parado e não vai ser possível molhá-lo de novo no esmalte, certifique-se de que a quantidade será suficiente para fazer os três movimentos e cobrir as unhas perfeitamente.