Esponja de maquiagem ou pincel para base: qual o melhor para espalhar o produto na pele?

Conheça as diferenças entre o pincel e a esponjinha para aplicar a base (Foto: Instagram @princess.kaae_)
Conheça as diferenças entre o pincel e a esponjinha para aplicar a base (Foto: Instagram @princess.kaae_)

A base é uma das etapas mais importantes de qualquer maquiagem. Afinal, é ela que vai deixar a pele lisinha e homogênea, corrigir imperfeições e preparar a superfície para receber os outros produtos. Por isso, é fundamental que a cobertura - seja ela levinha ou intensa - seja bem feita por todo o rosto.

Mas você sabe qual é o melhor instrumento para espalhar a base na pele? Algumas mulheres preferem o pincel, enquanto outras não abrem mão da esponjinha. Mas nessa disputa qual deles garante a melhor cobertura do produto na maquiagem? Respondemos algumas dúvidas sobre a esponja e o pincel para base, vem ver.

Quais são as vantagens da esponja de maquiagem para a base?

A esponjinha é uma opção muito prática e popular para espalhar a base na pele. Ela é indicada para todas as texturas de base - seja em pó, cremosa ou líquida - e garante uma cobertura perfeita, inclusive nos cantinhos mais difíceis. Além disso, existe uma diferença entre o uso da esponja seca ou úmida.

Se você quer aplicar o produto na pele, conquistando um resultado bem homogêneo, o ideal é umedecer um pouco a esponjinha - e sempre espalhar dando leves batidinhas, em vez de esfregar no rosto. Já a esponja seca é indicada para tirar o excesso de base que pode ter se acumulado em algumas regiões, criando um efeito mais natural. 

Quando é melhor usar o pincel para espalhar a base na pele?

Se você prefere usar o pincel para aplicar a base de maquiagem na pele, a primeira coisa a fazer é descobrir qual é o melhor produto para isso. Os pincéis são mais indicados para as bases líquidas ou em pó. Além disso, existem vários modelos e, para a cobertura da pele ficar perfeita, é importante escolher um que seja indicado para base. 

Os dois tipos de pincel mais indicados para isso são o oval - aquele que parece uma escovinha - e o duofiber, que tem cerdas de dois tamanhos diferentes. Enquanto o pincel oval garante uma cobertura perfeita e cobre todas as marquinhas na pele, o duofiber é perfeito para quem não abre mão de um resultado bem natural. 

Afinal, qual dos dois produtos é o melhor para a base?

Com isso, é fácil perceber que não existe uma opção melhor entre a esponjinha e o pincel: o que vai determinar a escolha de cada um deles é o efeito que você quer conquistar e a textura da sua base. Os dois garantem um resultado incrível com cobertura perfeita da pele, mas, enquanto a esponja proporciona uma cobertura mais intensa, os pincéis podem deixar um efeito suave e natural.

A dica é testar os dois e descobrir aquele que funciona melhor para você. E, se ainda tiver dúvidas sobre como usar o pincel para base ou como garantir uma cobertura perfeita com a esponjinha, a gente pode te ajudar.

Redação: Gabrielle Nunes