Iluminador líquido, em pó ou cremoso: entenda para que serve cada tipo e saiba como usar o novo queridinho na maquiagem

Saiba para que servem os tipos de iluminador e aprenda a dar um glow perfeito na sua maquiagem! (Foto: Instagram  @beautymalene )
O iluminador do tipo bastão é idela por ser mais prático e deixar a make do dia a dia ainda mais versátil e glamurosa (Foto: Instagram @makeupshayla)
As têmporas, a pontinha do nariz e o arco do cupido são as partes em que o iluminador deve ser aplicado, seja ele na versão cremosa, líquida ou em pó (Foto: Instagram @maryamnyc)
Saiba para que servem os tipos de iluminador e aprenda a dar um glow perfeito na sua maquiagem! (Foto: Instagram @beautymalene)

Quer se jogar de vez na tendência de pele iluminada mas não sabe como usar o iluminador na maquiagem? Dê o primeiro passo em direção ao glow perfeito começando a conhecer um pouco mais das diferentes versões desse produto - afinal, vale destacar para as iniciantes no mundo da make: elas estão longe de serem todas iguais! A verdade é que as opções em pó, líquida ou cremosa desse item são pensadas para atender cada tipo de pele e, por isso, devem ser usadas da maneira certa na produção das apaixonadas por make. E agora, quer saber qual é a mais indicada para você? Veja mais detalhes na matéria!

Iluminador em pó é perfeito para as donas de pele oleosa

Ninguém nega que brilhar seja a intenção, mas é preciso causar esse efeito da forma certa, não é mesmo? Levando isso em consideração, donas de pele oleosa que querem trocar o brilho da oleosidade excessiva pelo glow da pele iluminada podem preferir o iluminador em pó para dar o ponto de luz certo na pele sem derreter a make ao longo do dia.

No entanto, além da textura, é importante ficar atenta ao local em que se aplica o produto e manter a zona 'T' sem excessos - tudo para que a imagem iluminada remeta sempre ao aspecto saudável e impecável.

Dica: para quem não tem esse tipo do produto em casa, um truque é usar a sombra como iluminador em pó. O segredo é encontrar aquela que seja mais brilhosinha ou perolada e, com a pontinha dos dedos, usá-la para realçar ainda mais a face!

Versão líquida é a mais indicada para donas de pele seca deixarem a produção iluminada

Quem tem a pele mais opaca e sequinha naturalmente também pode usar e abusar do iluminador, mas, nesse caso, a versão líquida é a melhor para trazer o charme dos pontinhos de luz à produção. Na hora de fazer a make, no entanto, é importante ressaltar que o indicado é usar uma esponjinha de maquiagem para misturar bem o produto ao rosto e suavizar a textura mais espessa desse iluminador no look. Na finalização, dar leves batidinhas nas têmporas e outras áreas que receberam o produto é imprescindível para não deixar o aspecto pesado no visual.

Textura cremosa e em bastão oferece mais praticidade e é perfeita para técnica 'strobing'

Agora, para quem não abre mão de um produto funcional na nécessaire, o iluminador em creme é a melhor versão possível! É que além de ser ideal para quem tem a pele mista - tipo mais comum entre as brasileiras -, a versão em bastão também é perfeita para qualquer ocasião justamente por não exigir o uso de pincéis ou outros aplicadores: basta passar o produto direto na pele ou aplicar dando batidinhas leves com os dedos na hora de arrematar a maquiagem.

E se você é uma fã do contorno "strobing" bem natural e glamuroso, a opção cremosa é perfeita para não deixar excessos nas áreas em que o iluminador deve ser aplicado - que, por sinal, são aquelas que brilham naturalmente quando são atingidas pelo brilho do sol, como as têmporas, ponta do nariz e arco do cupido. Dessa maneira, o brilho é garantido na medida certa e o resultado final fica tão impecável quanto nos looks das famosas!