Maquiagem para pele clara: veja o tutorial de aplicação da linha Fit Me! por Juliana Rakoza

Confira as dicas de Juliana Rakoza para escolher o melhor tom de base Fit Me para as peles claras

Na hora de escolher a base Fit Me!, muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre qual tom é o mais idicado para si. Além de ter alguns truques na manga para evitar errar, como experimentar sempre o produto na linha do maxilar ou sair da loja para verificar a cor na luz natural, é importante saber com exatidão a tonalidade da sua pele. Em uma série de vídeos, a maquiadora Juliana Rakoza entregou várias dicas para facilitar a escolha, e no primeiro ela dá as dicas especificamente para quem tem pele clara. Confira!

Descobrir o fundo de sua pele clara é o primeiro passo para escolher a base Fit Me! perfeita

O primeiro passo para encontrar o tom de base mais indicado para você é saber se a sua pele é quente ou fria, ou seja, se o seu fundo é amarelado ou rosado, respetivamente. Para ajudar a descobrir o seu, a Maybelline NY criou um vídeo em que duas modelos de pele clara com cada um dos subtons experimentam as cores de base Fit Me!. "Se o seu subtom é quente, você fica bronzeada facilmente, fica bem com roupas vermelhas, amarelas e douradas, e as suas veias são mais esverdeadas", explicou Juliana Rakoza. "Se o seu subtom é frio, quando você pega sol você fica vermelha, fica bem com tons azuis e prata, e as suas veias são mais azuladas".

Dos 8 tons de base clara de Fit Me!, 4 são amarelados e 4 são rosados

Depois de saber o se o fundo de sua pele é amarelo ou rosa, o próximo passo é experimentar os tons de base mais próximos ao seu, sempre na linha do maxilar para evitar grandes contrastes entre o rosto e o pescoço, que podem ter tonalidades naturais diferentes. "Fit Me! tem oito bases de tom claro, quatro com fundo amarelo - a 80, lançada recentemente, a 100, a 130 e a 140 - e quatro com fundo rosado - a 90, também acabada de lançar, a 110, a 120 e a 150", afirmou Juliana.

Modelos experimentaram os tons correspondentes para descobrir a sua base ideal

No vídeo, após determinar o subtom de cada uma, as modelos experimentaram as fórmulas correspondentes, percebendo qual delas mais desaparecia na sua pele. Com três "swatches" na linha de maxilar de cada uma, dá para var que uma das amostras entrega um efeito natural e invisível. Em Elisa, de subtom rosado, foi a base 110 que ficou mais imperceptível na sua pele; já em Juliana, com um fundo amarelado, foi a 100. "Caso ainda tenha de dúvidas de qual é a sua cor ideal, vá até um ponto de vendas e faça o teste", aconselhou a maquiadora.