Maquiagem para pele negra: 5 erros mais comuns na hora de fazer a make

Evite esses erros para garantir uma maquiagem para pele negra perfeita! (Foto: Instagram @whitneymadueke)
Evite esses erros para garantir uma maquiagem para pele negra perfeita! (Foto: Instagram @whitneymadueke)

Com a quantidade de produtos que a gente costuma usar para reproduzir o look perfeito na hora da maquiagem, é de se esperar que o sucesso do visual seja responsabilidade de uma série de fatores. Desde a escolha das tonalidades certas até a forma de aplicar, existem, sim, truques que podem fazer o resultado ficar melhor.

Ao mesmo tempo, também existem erros que são super comuns. No caso da maquiagem para pele negra, é muito fácil se equivocar e acabar com o look completamente diferente do que tinha sido imaginado: dá uma olhada aqui embaixo para descobrir quais são erros mais comuns e passar longe deles! 

1# Escolher o tom da base e do corretivo errados

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Jade Kendle (@lipstickncurls) em

Um dos principais pecados do mundo da maquiagem, escolher os tons de base e corretivo errados, é super comum entre as pessoas de pele negra. O primeiro passo para acertar é descobrir qual é o seu subtom de pele entre o quente e o frio.

No Brasil, é bem comum que mulheres e homens negros tenham o subtom quente e precisem de produtos com o fundo amarelado, mas se o seu caso for o contrário, fique de olho nos produtos de fundo rosado, perfeitos para o subtom frio.

Depois disso, é bom escolher uma linha de maquiagem com uma grande variedade de tons, já que, dessa forma, vai acabar sendo mais fácil de encontrar o que chega mais perto da sua pele natural. Teste sempre as opções na linha do seu maxilar (e não o dorso da mão) e escolha o que ficar mais imperceptível.

Para o corretivo, o truque do subtom continua funcionando: as peles quentes devem apostar nos marrons e beges mais escuros e, as frias, por sua vez, devem apostar no marrom rosado. Para evitar o efeito estourado ao redor dos olhos, escolha um corretivo que é do mesmo tom ou, no máximo, um mais claro do que a sua base. 

2# Usar pó translúcido ou uma tonalidade muito clara 

Na hora de matificar as regiões mais oleosas do rosto, o pó compacto é ideal, mas você precisa tomar cuidado para escolher a cor, você vai precisar tomar os mesmos cuidados da base e do corretivo. Se conseguir comprar os três produtos juntos, então, é melhor ainda: assim acaba sendo mais simples não levar para casa uma cor muito clara.

Para evitar esse problema, muita gente gosta de apostar no pó translúcido para essa etapa da maquiagem, mas ele não é recomendado para quem tem a pele negra mais pigmentada, já que pode deixar seu rosto com um aspecto acinzentado ao longo do dia. 

3# Apostar nos iluminadores com o fundo frio

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Raye Boyce (@itsmyrayeraye) em

Queridinho nas produções de make para dia a dia ou em ocasiões especiais, o iluminador é um daqueles produtos que devem ser usados com cuidado, para não marcarem muito ou detonarem a make toda.

Na maquiagem para pele negra, o ideal é apostar nos modelos de iluminador que têm o fundo puxado para o dourado, que vai mesclar com a pele garantindo um visual natural com facilidade.

As versões com o fundo mais frio também podem ser usadas, mas funcionam melhor em pessoas com a pele menos pigmentada, assim como o pó translúcido.

4# Aplicar cores muito claras de blush 

Assim como deve acontecer com os outros produtos, o cuidado na hora de escolher a cor do blush para pele negra também é super importante.

Para evitar o efeito muito claro, na hora de escolher o seu blush aposte nos diferentes tons de marrom, terracota e pêssego, que ressaltam as maçãs do rosto de uma forma bem natural e suave.

Quem gosta do toque rosado nas bochechas, deve preferir os tons mais escuros, como o rosa queimado.  

5# Não manter a skincare em dia 

Por mais que não seja necessariamente uma etapa da maquiagem, a rotina de skincare bem estabelecida é essencial para a saúde de todos os tipos de pele. No caso da pele negra, além dos benefícios gerais das etapas de limpeza, hidratação e proteção solar, cuidar bem da pele do rosto tem outros benefícios.

Ela pode evitar o desenvolvimento de manchas, muito comuns por causa da alta concentração de melanina e, ao mesmo tempo, também controla a produção de oleosidade da pele negra.

Redação: Ariel Cristina Borges