Não foi dessa vez: 6 tendências de unha que não deram muito certo aqui no Brasil!

O que acha de colocar alguns piercings nas unhas? Essa tendência gringa é febre lá fora, mas por aqui ainda não foi totalmente aderida (Foto: Instagram  @thenewestnails)
 A moda de pompom nas unhas não caiu no gosto das brasileiras logo de cara, mas não foi a única. Confira mais tendências inusitadas na matéria! (Foto: Instagram @ladyflashnails)
O formato duck feet nas unhas ainda não conseguiu superar os queridinhos stiletto, arredondado e quadradinho nas mãos femininas do Brasil (Foto: Instagram  @nailzbyash)
O que acha de colocar alguns piercings nas unhas? Essa tendência gringa é febre lá fora, mas por aqui ainda não foi totalmente aderida (Foto: Instagram @thenewestnails)

A melhor parte de ser uma apaixonada por nail art é que novas ideias de desenhos, cores e formas estão sempre surgindo nas redes sociais e, assim, não faltam formas para inovar nas unhas decoradas! De todo jeito, quem é mais antenada já reparou que nem tudo que vira moda nas terras gringas ganha o coração das brasileiras logo de cara - e algumas tendências um pouco inusitadas demais para o nosso gosto comprovam essa teoria. Lembra de alguma nail art que bombou no exterior e por aqui não fez nem cosquinha? Nós pensamos em pelo menos 6! Confira na matéria.

1- Duck feet nails

Elas podem até ter ganhado a simpatia de algumas mulheres ao redor do mundo, mas do lado de cá não teve jeito: as duck feet nails, unhas que lembram a aparência um pé de pato, passaram longe de ser moda para decorar as nail arts - até mesmo das mais aventureiras quando o assunto é a manicure! Ao que tudo indica, entre as brasileiras ainda reina o formato quadradinho, arredondado e, às vezes, o stiletto para produções moderninhas e bem acabadas.

2- Bubble nails ou unhas bolha

E por falar em formatos, digamos, um pouco diferentes, o bubble nails foi outra ideia que não emplacou entre as loucas por esmaltes e tendências de nail art. O formato de bolha nas unhas que parece deixar os dedos mais inchadinhos foi febre nas redes sociais como novidade bombástica para decorar a produção nas mãos, mas, na prática, passou um pouco longe de nós.

3- Furry nails ou unhas peludas

Um tipo de nail art bem diferente que também bombou em algum lugar do mundo - que não foi aqui - é a furry nail, que consiste na aplicação de pelos longos em cima do esmalte, formando uma camada bem peludinha em todos os dedos. Complicado imaginar a proposta, né? Mas teve quem apostasse no estilo para sair do comum e inovar.

4- Pompom nails ou unhas pompom

E por falar em pelo, outra tendência peluda e pouco abraçada no Brasil foi a irrevente pompom nail. Apesar de coloridinha e divertida, a ideia de decorar as mãos com bolinhas de pompom em cima das unhas pareceu um pouco demais para nós e essa decoração não entrou na lista de favoritas para produzir as mãos após a manicure.

5- Piercing de unha

É verdade que brasileiras gostam de brincos e acessórios para compor o look, mas nas unhas esses adereços não foram exatamente bem recebidos: a verdade é que a aplicação de piercings na nail art passou batido como tendência no Brasil e são bem poucas as mulheres que aderiram a essa novidade na época em que foi lançada. Faz parte, né?

6- Chipped nail ou esmalte descascado

O que costuma parecer preguiça de remover o esmalte da forma certa, por incrível que pareça, já foi considerado tendência de decoração há uns anos. O chipped nail foi uma maneira que ficou famosa entre algumas mulheres para fugirem do tradicional e cobrirem apenas parte da unha com o esmalte - imitando aquele aspecto descascado, exatamente como a produção fica semanas após a esmaltação. Uma moda, no mínimo, diferente.