O que é esmalte 3 free? Conheça os principais benefícios do produto

Os esmaltes "3 free" eliminaram as substâncias tolueno, formaldeído e dibutilftalato e minimizaram o risco de alergias
Os esmaltes "3 free" eliminaram as substâncias tolueno, formaldeído e dibutilftalato e minimizaram o risco de alergias

As mulheres mais antenadas no universo dos esmaltes já devem ter visto a nomenclatura "3 free" estampada nos vidrinhos dos produtos. O nome indica que o cosmético é livre de três substâncias muito comuns nas fórmulas dos esmaltes: tolueno, formaldeído e dibutilftalato (DBP). Esses ingredientes exercem funções importantes na esmaltação, como ajudar a manter o brilho, a consistência e a fixação. Mas como nem tudo é perfeito, esse trio pode causar uma série de alergias nas usuárias. "O 3free é um tipo de esmalte hipoalergênico, que significa uma menor chance de desencadear alergia na maioria dos pacientes", explicou a dermatologista Gabriella Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Regional Rio de Janeiro.

Trio de ingredientes pode causar diversas alergias

Se ao pintar as unhas você começa a perceber algumas irritações, como inchaços nos olhos, coceira no pescoço, mãos, rosto e cutículas ou vermelhidão pode ser um sinal de que está desenvolvendo uma alergia a algumas das substâncias presentes no produto. Antes de se desesperar e parar de frequentar a manicure, vale começar a usar os tão falados esmaltes "3 free".

"Em pessoas alérgicas, a recidiva no uso destas substâncias gera um quadro de dermatite cada vez mais intenso, podendo se manifestar tanto próximo a unha como longe dela. As dermatites de contato se manifestam por vermelhidões, inchaços e descamações ao redor da unha ou à distancia, sendo os principais locais as pálpebras e a face interna dos braços. Algumas vezes podem surgir placas vermelhas e inchadas (urticárias) em qualquer parte do corpo. Quanto mais vezes houver exposição, maior a chance de ocorrer alergia", explicou a especialista.

Substâncias podem ser substituídas sem alterar qualidade do produto

O dibutilftalato, também conhecido como DBP, é usado para dar mais brilho às unhas, servindo como uma espécie de plastificante. Já o formaldeído exerce função de dar maior aderência, acentuar o brilho e ainda ajudar na durabilidade do produto, enquanto o tolueno, um derivado benzeno, serve como solvente. Apesar de terem funções super importantes, deixando quase impossível imaginar esmaltes sem esses ingredientes, as fórmulas "3 free" garantem que é possível sim substituir as substâncias sem alterar em nada a qualidade do produto. A dermatologista Gabriella Albuquerque afirma, no entanto, que apesar do produto diminuir o risco de desencadear alergia, é importante que as pessoas que sofreram alguma reação consultem um especialista antes de tomar qualquer atitude. "O mais importante é suspender imediatamente o uso de qualquer tipo de esmalte e procurar um dermatologista", alertou a dermatologista.