O visual marcante de Marilyn Monroe: atriz eternizou lábios vermelhos e olhos delineados

Marilyn Monroe marcou época com uma maquiagem que transbordava sensualidade. A atriz apostava no delineado e batom vermelho para dar ar voluptuoso a suas produções
Na boca, a diva usava produtos diferentes para criar profundidade. Entre as apostas da loira estavam o contorno dos lábios mais escuro que o centro e um gloss para dar mais volume
O olhar, inspirado em Greta Garbo, também era destaque em suas produções. Seu delineado era marrom e tinha duas pontas, na parte de cima e na debaixo para alongar o visual. Para finalizar, a atriz usava cílios postiços
Marilyn conheceu seu fiel maquiador, Allan "Whitey" Snyder, em 1946. A dupla manteve parceria de sucesso até a morte da atriz, em 1962
Marilyn Monroe marcou época com uma maquiagem que transbordava sensualidade. A atriz apostava no delineado e batom vermelho para dar ar voluptuoso a suas produções
Marilyn Monroe dizia que "as loiras se divertem mais" e pelo menos em sua época e com a maquiagem, isso podia ser verdade. A estrela, que conquistou Hollywood com seu visual curvilíneo e estilo de mulher fatal, era lendária por sua maquiagem de lábios vermelhos e delineado no par de olhos azuis. As madeixas platinadas davam o toque final no visual, mas nem sempre foi assim. Nascida Norma Jean Mortenson, a diva mudou a cor dos fios, alguns traços do rosto - incluindo o nariz e o queixo em uma cirurgia plástica - e se aliou a Allan "Whitey" Snyder, seu fiel maquiador, para virar o símbolo sexual dos anos 1950.
A relação com Whitey começou em 1946, quando o maquiador preparou a atriz para seu primeiro teste de imagem nos estúdios da Twentieth Century Fox. Allan Snyder acompanhou Marilyn até sua morte, sendo o único a preparar a atriz para entrar em cena. Naquela época, a vaselina era coringa na beleza de Marilyn, que usava o produto para, entre outras coisas, iluminar o rosto antes da gravações, o que garantia um "glow" especial com a ajuda dos refletores. Além disso, a pele da atriz também era preparada com base e pó, que criavam o contorno do rosto e afinavam o nariz da diva.

Batom vermelho e olhar sedutor eram marcas registradas de Marilyn

Em uma maquiagem que podia durar até três horas dependendo do capricho da atriz e da produção dos filmes, cada detalhe valia a pena para construir o "fenômeno Marilyn". Para fazer o delineado dos olhos, Whitey usava lápis marrom - que em cena se tornava preto - para definir o olhar, além do branco, para criar profundidade, e um delicado côncavo marcado com sombra marrom, imitando o estilo de Greta Garbo, inspiração de make da loira.
O blush também ajudava a afinar o rosto junto aos iluminadores e era aplicado nas laterais e em partes estratégicas do rosto para marcar e dar ar juvenil à diva. A estrela da produção era o batom, que na verdade se tratava da mistura de produtos com várias camadas aplicadas. A ideia da boca vermelha era criar um ar voluptuoso e sensual, com mais destaque pelo contorno mais escuro e o centro mais claro. O toque final era o gloss, que dava volume extra para a boca de Marilyn.