Óleo secante ou spray: qual a melhor forma de finalizar as unhas?

Manicure esclarece as diferenças entre óleo secante e spray de secagem rápida
Manicure esclarece as diferenças entre óleo secante e spray de secagem rápida

A vida é dividida entre os que preferem chá ou café, cães ou gatos e ketchup ou mostarda. O mesmo acontece no universo das unhas com as mulheres que preferem óleo secante ou spray de secagem rápida - dois produtos oferecidos nos salões com nomes parecidos, mas que disputam preferências por causa de suas diferentes funções. A manicure Gi Camargo, proprietária de um nail bar de São Paulo que leva seu nome, conta quais são as principais diferenças entre os dois e as melhores escolhas em cada caso.

Cada produto tem uma função diferente na hora de ajudar a secar o esmalte

Apesar do nome parecido, esses dois produtos agem de forma diferente na hora de ajudar a unha a secar sem borrões. Segundo Gi Camargo, a baixa temperatura criada pelo jato do spray é a responsável por uma secagem mais rápida: "esse ar geladinho acelera o processo e tem o mesmo princípio daquele truque de mergulhar os dedos em um pote com água gelada", conta a profissional. Já no caso do óleo, a contribuição acontece ao deixar a superfície mais escorregadia, evitando que ela agarre ao encostar em algum local e acabe borrando. Outro benefício é o da hidratação das cutículas, que se beneficiam da emoliência desse líquido e ganham a aparência de bem tratadas.

Manicure prefere aplicar o spray de secagem rápida

Apesar de reconhecer o benefício dos dois produtos, Gi Camargo não nega que tem seu favorito: "eu gosto do spray porque fica menos melado. Além disso, o óleo ajuda a disfarçar imperfeições quando a manicure não faz um bom trabalho e depois que a cliente lavar pode se surpreender com os defeitos", revela.

Algumas situações e clientes fiéis exigem o uso do óleo secante

Segundo Gi Camargo, algumas clientes pedem exclusivamente pelo uso do óleo secante, principalmente nos pés: "elas têm medo de que, ao calçar a sandália, o dedo encoste e borre ou que algum pelo de tapete agarre na unha", diz. A manicure diz ainda que sempre coloca o produto nos pés das clientes que estão de sapato fechado: "eu sou das antigas e uso aquele truque de embalar os dedos com papel filme para não borrar: o óleo ajuda a não deixar o esmalte agarrar", explica.