Olhos delineados e cílios superlongos eram marca registrada da modelo Jean Shrimpton

Os olhos delineados e cílios volumosos eram a marca da modelo Jean Shrimpton
Os olhos delineados e cílios volumosos eram a marca da modelo Jean Shrimpton
Para a capa da revista Harper's Bazaar, Jean Shrimpton posou com cílios supervolumosos
Para a capa da revista Harper's Bazaar, Jean Shrimpton posou com cílios supervolumosos
Para finalizar os olhos supermarcados, Jean Shrimpton investia ainda nos batons nude com fundo rosado
Para finalizar os olhos supermarcados, Jean Shrimpton investia ainda nos batons nude com fundo rosado
Os cílios volumosos de Jean Shrimpton ainda eram completados com delineado fino rente aos cílios superiores
Os cílios volumosos de Jean Shrimpton ainda eram completados com delineado fino rente aos cílios superiores
A pele superuniforme e com acabamento sequinho também era marca da modelo Jean Shrimpton
A pele superuniforme e com acabamento sequinho também era marca da modelo Jean Shrimpton
Para a capa da Vogue, a top Jean Shrimpton investiu nos olhos bem marcados, com o delineado que ganhava um puxadinho também no canto interno
Para a capa da Vogue, a top Jean Shrimpton investiu nos olhos bem marcados, com o delineado que ganhava um puxadinho também no canto interno
O delineado no estilo "gatinho" também marcava o visual da modelo Jean Shrimpton
O delineado no estilo "gatinho" também marcava o visual da modelo Jean Shrimpton

Com o posto de supermodel e ícone de moda e beleza dos anos 1960, a top Jean Shrimpton chamava atenção das mulheres mais vaidosas da década. O estilo pin-up, no entanto, continua sendo febre entre as fashionistas, que não dispensam inspirações para adicionar elementos mais românticos em suas produções. Para não perder nenhum detalhe, confira as makes preferidas da modelo Jean Shrimpton.

Cílios ganhavam todo o destaque

Hit dos anos 1960, os cílios eram o destaque nas makes das mulheres da época. Mas nada de efeito natural e fios soltinhos: as famosas que eram ícones de beleza gostavam mesmo é do estilo mais volumoso e com cílios bem grudadinhos, chamados de "aranha". Com a modelo Jean Shrimpton não era diferente e, além de destacar os fios superiores, apostava também nos inferiores com boas camadas de máscara para alongar e encorpar os cílios, deixando que os olhos fossem a estrela principal da produção.

Delineados garantiam produções ainda mais femininas

Os delineados também tinham espaço garantido nas produções de Jean Shrimpton. Com traçados finos e pretos nas pálpebras superiores, a modelo apostava no charme extra em alongados criados na parte externa ou interna dos olhos.

Já a parte inferior era usada sempre com um traço preto bem rente aos cílios e nude na linha d'água, o que garantia um olhar mais aberto. Quando a intenção era um estilo mais glamouroso, a top ainda lançava mão de um toque iluminado apenas na parte interna dos olhos.

Nude rosado já era febre nos anos 1960

Com os olhos pretos atraindo todos os olhares, a beleza de boneca da modelo Jean Shrimpton era finalizada com pele e boca mais discretos. Para o rosto, a escolha era no efeito supersequinho e com maçãs do rosto rosadas, tendência que aparecia com força na década de 1960.

Estilo mais amado pelas famosas que cruzam o tapete vermelho atualmente, o batom nude já era item certeiro na nécessaire de make da supermodel. Dona de uma pele clarinha, Jean apostava no batom com fundo rosado e efeito que variava do cremoso ou glossy para finalizar as produções que esbanjavam romantismo.