Pele bronzeada: use maquiagem para manter a cor o ano inteiro

A maquiagem é uma poderosa aliada na conquista de um bronzeado perfeito durante o ano todo
A maquiagem é uma poderosa aliada na conquista de um bronzeado perfeito durante o ano todo

Bronzeado perfeito durante o ano todo é o sonho de muitas brasileiras, mas mesmo em um país em que faz sol o ano inteiro é difícil ter tempo para conseguir esse efeito somento indo à praia. Parceira de todas as horas, a maquiagem pode trazer aquele ar de saúde e ajudar a manter o tom do verão mesmo após a chegada das estações mais frias. Os truques na hora de escolher qual produto usar, como aplicar e a forma certa de combinar o bronzer com o resto da maquiagem são essenciais para um resultado natural, mas não há motivo para pânico: as dicas são bem fáceis de aprender e colocar em prática.

Base e blush são aliados do efeito bronzeado

Quem optar por conseguir o efeito com a base, deve dar preferência às versões mais fluidas, que não pesam no resultado final. Para começar, escolha o produto testando na parte mais escura do rosto, geralmente a testa e a linha abaixo das maçãs - assim, a palidez das áreas mais claras é eliminada e o rosto ganha um bronzeado sutil e super natural.

Tentar um efeito bronzeado é uma boa oportunide para testar blushs na versão cremosa. Essa textura confere um acabamento mais natural e dá um aspecto sedoso à pele, que lembra o rubor natural de quem acabou de pegar sol. Quem não abre mão da versão em pó, deve aplicá-la com pincéis bem gordinhos para garantir que o produto seja bem espalhado e tenha acabamento leve. Um bom truque é passar o pincel no produto e bater o cabo em alguma superfície até tirar todo o excesso de pó das cerdas e então aplicar no rosto. Dessa forma, os riscos de exagerar na quantidade são baixos e o efeito ficará bem sutil.

Aplicação estratégica para um efeito natural

Para conseguir o efeito "acabei de voltar de férias", aplique o pó bronzer na testa, topo das maçãs do rosto, têmporas e ao longo do nariz - essas são as áreas que o sol mais incide e que mais devem ficar coradas. A maquiadora Mara Costa diz que, além dessas áreas-chave, o segredo está na aplicação: "leves batidinhas com o pincel são o suficiente para alcançar um resultado natural".

Conquiste o equilíbrio perfeito

Coordenar a make bronze com o restante do rosto é fácil, basta manter a inspiração quente e evitar cores como prata e branco nos olhos - no lugar delas, prefira sombras douradas, bem ao estilo praiano. Na boca, um leve brilho de gloss já completa a produção. "Os lábios molhados em tom natural vão ressaltar o bronzeado, ao contrário dos batons mais escuros, que deixarão a produção muito chamativa", conta a maquiadora. Se a make bronzeada acompanhar um evento noturno, Mara diz que os olhos são uma boa alternativa para destacar: "Não há problema algum em carregar um pouco mais nos olhos desde que os lábios permaneçam neutros", explica a profissional.

Espalhe o efeito para o corpo

Quando o dia pede roupas mais curtas, o tom do resto do corpo, principalmente das pernas, precisa acompanhar o rosto. Para isso, a área necessita de um produto que combine cor, brilho discreto e hidratação, uma misturinha que pode ser feita em casa. Para criar o seu próprio bronzeador corporal, basta mesclar seu hidratante preferido com aquela base em tom mais escuro que está aposentada na penteadeira. Um pouco de iluminador bem levinho finaliza o experimento, que vai trazer o brilho do verão para as suas pernas.

Cuidados para escolher o tom certo

Na hora de escolher produtos bronzeadores, quem tem a pele muito branca deve preferir os que têm pigmento dourado bem clarinho. Já morenas e negras podem escolher tons mais fechados, sempre adequando ao tom original da pele. Assim como as bases, esses cosméticos também exigem um tempo de dedicação até achar o tom perfeito: testar bastante e fugir dos produtos que deixam a pele alaranjada são os segredos.

Um dos principais cuidados com esse tipo de make está em não esquecer de maquiar também o pescoço e, eventualmente, os ombros para não correr risco de ficar com duas cores diferentes. Outro fator perigoso está no brilho que esse tipo de produto costuma ter. Para um resultado menos artificial, Mara aconselha optar pelos opacos. "Apenas no blush um pequeno brilho pode dar um efeito bonito, mas só para eventos durante a noite", aconselha.