Pincel com cerdas longas ou curtas? Saiba quando escolher cada um para a sua maquiagem!

 O pincel de cerda longa complementa o trabalho do pincel de cerda curta, portanto, é válido ter sempre os dois na bolsa de maquiagem (Foto: Instagram @kuasmakeup_yk)
O resultado é uma maquiagem impecável e perfeita tanto com o pincel de cerdas curtas quanto com o pincel de cerdas longas (Foto: Instagram @tessaaan97)
 Já sabe quando escolher entre os pincéis de cerdas curtas ou longas? Veja as dicas na matéria (Foto: Instagram @bilstock)
O pincel de cerda longa complementa o trabalho do pincel de cerda curta, portanto, é válido ter sempre os dois na bolsa de maquiagem (Foto: Instagram @kuasmakeup_yk)

Você sabia que o comprimento do pincel usado para fazer o smokey eye, espalhar o corretivo e até mesmo contornar os lábios pode alterar o acabamento da make? Sim, ainda que esse aspecto pareça não fazer tanta diferença, fique sabendo que os pincéis de cerda curtas ou longas influenciam (e muito) no resultado final!

Na prática, pode-se dizer que os dois se complementam - e justamente por isso, é preciso entender para que serve e quando usar cada um deles. Tudo em nome da maquiagem certeira e do jeitinho que você idealizou antes de começar a produzi-la! Quer saber mais? Confira a matéria!

Cerdas curtas são ideais para aplicação do produto na make


Segundo as experts de make, o pincel com cerdas curtas é per-fei-to para aplicar a maquiagem com precisão. Assim, na hora de transferir a sombra para as pálpebras no cut crease, colorir os lábios ou depositar o corretivo abaixo dos olhos, por exemplo, dá para usá-lo sem medo! Por ter as cerdas menores, ele fica menos maleável e bem mais firme do que os de fios médios e longos, facilitando a produção da make quando se busca um resultado mais intenso e poderoso.

Pincéis de cerdas longas são perfeitos para dar acabamento natural no look

Mas se a ideia é fazer uma finalização mais sutil e natural no smokey eye, o pincel de cerda longa é tudo que você precisa! E dá pra sentir a diferença no toque, viu? Por causa do tamanho alongado das cerdas, esse pincel é capaz de espalhar melhor a sombra já aplicada na pálpebra e, assim, entregar um efeito bem esfumado e caprichado no look - completando o trabalho começado pelo pincel de fios mais curtinhos.

E a regrinha das cerdas longas para suavizar a make vale também para o acabamento do corretivo, base ou outro produtinho espalhado com o pincel, viu? Sempre que quiser uma finalização elegante e suave, aposte nelas!

Outras características como o tipo de cerda, grossura e comprimento do cabo também influenciam

No entanto, engana-se quem pensa que apenas o comprimento é a chave do sucesso! Na hora de escolher o melhor pincel para a sua make, outros pontos também devem ser considerados, e são eles:

- O tipo de cerda, quem pode ser sintética (perfeito para aplicação de produtos líquidos e cremosos) ou natural (ideal para esfumar e produzir looks com produtos em pó);

- A quantidade de cerdas no pincel, e quanto mais densa, mais intensa será a cobertura;

- O comprimento do cabo, que sendo bem alongado, facilita o manuseio para esfumar a make dos olhos e da pele.

Redação: Raquel Carletto