Pó no rosto todo ou só na zona T: saiba como usar o produto corretamente para uma make com acabamento impecável

Saiba qual a melhor forma de usar o pó compacto de acordo com o seu tipo de pele
Saiba qual a melhor forma de usar o pó compacto de acordo com o seu tipo de pele

Para uma pele perfeita e livre de oleosidade durante o dia, nada como um pouco de pó compacto para evitar o brilho excessivo. Mesmo com uma base de acabamento matte, a pele pode ficar oleosa com o passar das horas, e para evitar imprevistos o ideal pode ser finalizar a make com um pouco do produto. No entanto, sempre surge a dúvida: é melhor aplicar o pó no rosto todo ou só na zona "T"? Aprenda!

Donas de pele mista e seca devem aplicar o produto apenas na zona 'T'

O pó, seja ele compacto, mineral ou translúcido, é essencial para um acabamento de pele impecável na maquiagem, mas quem a tem mista ou seca deve apostar no produto apenas nas zonas mais oleosas do rosto, para fugir ao efeito "pancake". Depois da base e corretivo, vale passar uma camada fina de pó na testa, laterais do nariz e queixo, para evitar o brilho excessivo dessas áreas ao longo do dia. Além disso, o produto ainda deixa a pele com aspecto mais aveludado, equilibrando o look com um ar mais luminoso nas maçãs do rosto.

Quem tem pele oleosa pode usar uma camada fina em todo o rosto

Já quem tem uma pele oleosa no geral pode aplicar o produto em todo o rosto sem medo, apostando sempre na suavidade. Com um pincel grande e fofo, passe uma camada fina em todo a face, depois da aplicação da base, quando esta já estiver bem sequinha.

Para garantir o efeito matte por mais tempo, aplique mais uma camada nas regiões mais oleosas, como a zona "T". O ideal é sempre combinar o produto com bases de acabamento matte, e para evitar o efeito pesado, o truque é preferir as de cobertura média, já que o pó em si também é excelente para cobrir imperfeições.

Retoques ao longo do dia devem ser feitos com um puff de maquiagem

Com o passar das horas, especialmente em climas quentes e úmidos, é inevitável aparecer aquele brilho incômodo na testa ou no nariz. O ideal é sempre carregar o seu pó compacto na bolsa, para possíveis retoques ao longo do dia. No entanto, evite usar um pincel para o fazer, já que pode acabar com um look pesado. O truque é apostar nos puffs de maquiagem, aqueles aplicadores arrendondados usados pelas avós para aplicar o pó de arroz. Com um pouco do produto no puff, vá pressionando contra a pele, para conquistar um aspecto bem uniforme e invisível.