Por que o esmalte fica com rachaduras? Saiba como evitar!

Esmaltar as unhas logo após deixá-las muito tempo de molho pode causar o efeito craquelado (Foto: Shutterstock)
Aplicar uma camada de cobertura intensificadora da cor também é importante para impedir que o esmalte fique rachado (Foto: Shutterstock)
Para o esmalte não craquelar uma das dicas é passar camadas finas na hora da esmaltação (Foto: Pixelformula)
Esmaltar as unhas logo após deixá-las muito tempo de molho pode causar o efeito craquelado (Foto: Shutterstock)

Nada pior que gastar tempo fazendo as unhas e, depois de alguns dias, perceber que o esmalte ficou cheio de rachaduras. Quando isso acontece, uma das primeiras coisas que vem à cabeça é que a unha está enfraquecida, que não foi esmaltada corretamente ou que o produto tem qualidade questionável - mas essas não são as verdadeiras causas para esse defeitinho que incomoda qualquer esmaltemaníaca. Confira quais são e aprenda com as dicas!

Camadas muito grossas podem causar rachaduras no esmalte

Um dos principais motivos para a rachadura nas unhas é o seguinte: na hora de tentar uma cobertura com cor uniforme, uma das medidas acaba sendo aplicar várias camadas ao invés das duas tradicionais. Outro problema é usar o esmalte grosso, que possui difícil aplicação. Por causa disso, o cuidado mais importante para evitar esse problema é fazer a esmaltação com camadas mais finas na pontinha dos dedos.

Para seguir essa dica sem precisar exibir as unhas com um tom manchadinho, o segredo é preferir sempre esmaltes novos e, antes da aplicação, agitar bastante o vidrinho para espalhar melhor a cor e não deixá-la desigual.

Esmaltar as unhas logo depois de deixá-las de molho na água também é um dos motivos

Além de evitar a esmaltação com camadas muito grossas de esmalte, outra dica para evitar o acabamento craquelado que detona qualquer produção é não começar a esmaltar as unhas logo após retirá-las do molho - etapa indispensável para todas as mulheres que preferem retirar a cutícula ao invés de hidratá-las.

O motivo é que depois de ficar imersa na água, a unha se expande; por isso, ao ser esmaltada quando está sob esse efeito, ela acaba rachando ao retonar ao seu formato natural. Sendo assim, a dica para evitar esse problema é não deixar a pontinha dos dedos de molho por muito tempo e esperar alguns minutos antes de começar a aplicar a cor que deseja na manicure.

Cobertura intensificadora da cor é indispensável para acabamento bonito

Outra dica para evitar as desagradáveis rachaduras é não esquecer de aplicar uma camada de cobertura intensificadora da cor após a esmaltação. Além de garantirem mais brilho, esse tipo de produto também conta com a vantagem de deixar o esmalte mais protegido - impedindo, assim, que ele rache ou descasque com mais facilidade.

Se achar que a esmaltação já está ficando comprometida com o passar dos dias, você também pode reaplicar essa cobertura para continuar com as unhas bonitas e o esmalte impecável como no dia da manicure.