Qual a ordem certa para se maquiar: olhos ou pele primeiro?

Na hora de se maquiar, o natural é começar pela pele, mas em makes mais elaboradas, os olhos podem ser feitos antes para não haver risco de borrões
Na hora de se maquiar, o natural é começar pela pele, mas em makes mais elaboradas, os olhos podem ser feitos antes para não haver risco de borrões

São tantos os cosméticos que é normal se perder na ordem de quais devem ser usados primeiro ao fazer uma maquiagem. No caso da dupla "pele X olhos" não há nenhuma regra certa, é preciso descobrir a fórmula que funciona melhor para cada uma. O que mais pesa na hora da decisão é lidar com os borrões que uma sequência errada pode causar e todo o trabalho de ter que refazer a make.

Primeiro a base, depois os olhos

A ordem mais comum em termos de make é começar pela pele, mas os papéis se invertem quando a ocasião pede um olho mais elaborado, cheio de sombras escuras e glitter. Como o pó desses produtos pode vazar para pele e manchar toda a maquiagem, o ideal é fazer os olhos primeiro e tirar com um pincel ou esponja qualquer resíduo que sobre. Depois é só hidratar a pele e começar o ritual que, geralmente, envolve primer, base, corretivo, pó e blush.

No dia a dia, esse cuidado excessivo com borrões não é tão necessário, já que os tons escolhidos para os olhos raramente são escuros e seguem uma paleta muito mais fácil de limpar. Para quem não quiser inverter a ordem nem nas makes de noite, a maquiadora Angélica Teixeira aconselha a depositar uma generosa quantidade de pó solto e translúcido sobre a área abaixo dos olhos: "quando terminar de fazer a sombra, todo o resíduo que cair na parte de baixo vai embora junto com o pó, é só espanar com um pincel comum", conta a profissional que atende na Ophicina do Cabelo do Shopping Leblon. Segundo a expert, o produto impede que os pigmentos encostem na pele já feita e acabem borrando tudo.

Fazer a pele depois exige alguns cuidados

A única coisa que precisa ficar para depois da pele é o delineado da parte inferior dos olhos, já que o corretivo passará por aquela área e a possibilidade dos dois não se encontrarem é quase zero. No resto do rosto, basta tomar cuidado para que a base não encoste na sombra e aplicar todos os produtos da mesma maneira que de costume.