Saiba quais eram as principais tendências de esmaltes de cada década

Conheça as tendências de esmaltes a cada década (Foto: Instagram @stephstonenails)
Conheça as tendências de esmaltes a cada década (Foto: Instagram @stephstonenails)
Na década de 1930, a meia-lua estava em alta (Foto: Instagram @beautystudiolips)
Na década de 1930, a meia-lua estava em alta (Foto: Instagram @beautystudiolips)
Os esmaltes vermelhos ficaram em alta nos anos 40 e 50 (Foto: Instagram @marilyn_nail_art)
Os esmaltes vermelhos ficaram em alta nos anos 40 e 50 (Foto: Instagram @marilyn_nail_art)
Os anos 60 popularizaram os esmaltes em tons pastel (Foto: Instagram @madina_nails)
Os anos 60 popularizaram os esmaltes em tons pastel (Foto: Instagram @madina_nails)
Nos anos 1970, o brilho estava em alta (Foto: Instagram @stephstonenails)
Nos anos 1970, o brilho estava em alta (Foto: Instagram @stephstonenails)
Os esmaltes neon foram tendência na década de 1980 (Foto: Instagram @chanell_nails)
Os esmaltes neon foram tendência na década de 1980 (Foto: Instagram @chanell_nails)
Os esmaltes escuros foram tendência nos anos 1990 (Foto: Instagram @jennifer_rosa_)
Os esmaltes escuros foram tendência nos anos 1990 (Foto: Instagram @jennifer_rosa_)
Em 2000, a francesinha foi o principal estilo de unhas (Foto: Instagram @beautystudiolips)
Em 2000, a francesinha foi o principal estilo de unhas (Foto: Instagram @beautystudiolips)
As nail arts e o glitter vieram com tudo na década de 2010 (Foto: Instagram @cassmariebeauty)
As nail arts e o glitter vieram com tudo na década de 2010 (Foto: Instagram @cassmariebeauty)

Se você é ligada em beleza e manicure, já deve ter percebido que as tendências para as unhas mudam bastante a cada ano. Mas já parou para pensar o que fazia sucesso nas décadas passadas? A gente já adianta: as cores de esmaltes e formatos de unhas mais populares mudaram bastante.

Quer saber quais são os estilos que mais fizeram sucesso ao longo de todas essas décadas? Então vem conferir, que a gente te conta tudo. Será que você usaria todos esses estilos?

1930, o começo dos esmaltes coloridos

As mulheres mais vaidosas sempre gostaram de cuidar das unhas, mantendo-as sempre lixadas no formato arredondado e com as pontinhas dos dedos muito bem limpas. Mas foi apenas a partir da década de 1930 que o costume de pintar as unhas com esmaltes de cores variadas começou a se popularizar.

Nessa época, a principal tendência era a manicure em formato de meia-lua, deixando a base das unhas incolor e usando uma cor forte no resto.

Décadas 1940 e 1950 popularizaram as unhas vermelhas

Hoje, o esmalte vermelho é um super clássico, adorado pela maioria das mulheres e perfeito para qualquer ocasião. Mas isso não foi sempre assim. Até a década de 1940, as mulheres não usavam muito essa cor de esmalte. Isso mudou durante essas duas décadas, quando as mais vaidosas adotaram a cor marcante, que rapidamente se popularizou. Nesse período, as unhas deixaram de ser curtas e arredondadas e passaram a ser usadas um pouco mais longas e no formato oval.

E você sabia que Colorama faz parte de toda essa história desde essa década? A marca está há mais de 70 anos com as brasileiras, participando de cada tendência para as unhas.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Takács Flóra (@marilyn_nail_art) em

Nos anos 1960, as cores pastel estavam em alta

Depois de vários anos com as unhas vermelhas fazendo muito sucesso, na década de 1960 os esmaltes em tons pastel se tornaram tendência. As cores clarinhas passaram a ganhar muito destaque nas unhas compridas, que continuaram a ser usadas no formato oval.

Em contraste com o efeito sensual provocado pelos esmaltes vermelhos e vinhos, as cores pastel criaram um estilo mais delicado e romântico nesse período.

A década de 1970 foi a época do brilho nas unhas

Se os anos 1960 trouxeram esmaltes clarinhos para contrastar com os vermelhos, a década de 1970 fez o caminho contrário. As unhas voltaram a receber esmaltes mais marcantes - e com muito brilho - para combinar com a era das discotecas. As cores metalizadas e cintilantes foram a principal tendência do período e a francesinha começou a se popularizar.

Mas, se as cores mudaram bastante, o mesmo não aconteceu com o formato das unhas. Elas continuaram ser usadas longas e ovais, como nas décadas anteriores.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Alicia Torello (@aliciatnails) em

A década de 1980 trouxe as unhas quadradas

Depois de tantos anos usando unhas ovais, as mulheres da década de 1980 passaram a preferir o formato quadrado. Além disso, nesse período os esmaltes em cores neon fizeram muito sucesso. As nail arts também passaram a ser mais procuradas, com tendências como color blocking e airbrushing.

Também foi nos anos 1980 que as joias para unhas começaram a ser usadas, para criar estilos bem sofisticados de manicure.

Anos 1990 trouxeram sucesso para os esmaltes escuros

Se você adora pintar as unhas com esmaltes mais escuros, como o preto e o azul marinho, talvez não saiba que esse costume só ficou popular a partir da década de 1990. Na época, o movimento grunge tinha muita força e - além da música e das roupas - também refletiu no estilo dos esmaltes.

Nessa época, as unhas também passaram a ser usadas mais curtinhas, depois de várias décadas sendo usadas longas.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Tuğba (@infinite.destiny) em

Unhas em tons claros voltaram a fazer sucesso nos anos 2000

Depois de passar pelos esmaltes metalizados, neon e em cores bem escuras, a tendência de unhas claras e em tons mais naturais voltou a se popularizar na década de 2000. A francesinha entrou nesse período com força total, assim com os esmaltes brancos e rosa claro. As unhas também voltaram a ser usadas mais longas.

Mas, com a crescente quantidade de cores e acessórios para unhas, as nail arts começaram a fazer cada vez mais sucesso.

Década de 2010 popularizou os nudes e acessórios de unhas

Ainda com esmaltes em cores mais naturais, a década de 2010 trouxe a tendência de unhas nude. Eles rapidamente se popularizaram entre as apaixonadas por unhas, mas esse não foi o único estilo que fez sucesso. Os esmaltes metalizados e o glitter também ganharam muito destaque nos últimos anos.

Além disso, os acessórios - como joias e adesivos para unhas - e nail arts bem divertidas e inovadoras também passaram a ser usadas a partir de 2010.

Redação: Gabrielle Nunes