Twiggy: a maquiagem icônica de cílios super alongados e côncavo marcado da modelo nos anos 1960

Dona de uma pele clarinha e traços delicados, a modelo Twiggy se tornou ícone dos anos 1960. Os cílios ultra alongados e côncavos marcados eram a marca da make exibida pela top
Dona de uma pele clarinha e traços delicados, a modelo Twiggy se tornou ícone dos anos 1960. Os cílios ultra alongados e côncavos marcados eram a marca da make exibida pela top
Magérrima, Twiggy foi considerada a primeira supermodelo do mundo, mudando os paradigmas da moda. O visual delicado contrastava com as maquiagens mais marcadas e dramáticas
Magérrima, Twiggy foi considerada a primeira supermodelo do mundo, mudando os paradigmas da moda. O visual delicado contrastava com as maquiagens mais marcadas e dramáticas
Sucesso nos anos 1960, a bela apostava em makes que valorizavam o olhar dramático, investindo em olhos pretos e com côncavo delineado
Sucesso nos anos 1960, a bela apostava em makes que valorizavam o olhar dramático, investindo em olhos pretos e com côncavo delineado
Os cílios, grudadinhos e bem pretos, também eram destaque nas produções de Twiggy, que sempre valorizava os olhos amendoados
Os cílios, grudadinhos e bem pretos, também eram destaque nas produções de Twiggy, que sempre valorizava os olhos amendoados
O côncavo marcado com delineador era o hit das makes dos anos 1960 e marcava presença constante nas produções exibidas por Twiggy
O côncavo marcado com delineador era o hit das makes dos anos 1960 e marcava presença constante nas produções exibidas por Twiggy
O cabelo curtinho, no estilo pixie, virou inspiração para mulheres de todo o mundo. O visual ajudava a valorizar os belos traços do rosto e as maquiagens ousadas da modelo
O cabelo curtinho, no estilo pixie, virou inspiração para mulheres de todo o mundo. O visual ajudava a valorizar os belos traços do rosto e as maquiagens ousadas da modelo
Considerada a primeira supermodelo do mundo, Lesley Hornby, conhecida como Twiggy, mudou os paradigmas da moda estourando nos anos 1960 com seu visual andrógino e magrinho. Diferente das generosas curvas vistas até então, a top apresentou ao mundo um visual mais fino, que se opôs ao estilo pin-up dos anos 1950. Antes mesmo de completar a maioridade, Twiggy já tinha seguidoras em todo o mundo e provocou uma onda de regimes. Pioneira no conceito de que menos é sempre mais, a bela mantinha os fios curtinhos e um ar angelical.
A maquiagem bem elaboradas era outro ponto que ganhava destaque no visual da top, que abusava da máscara de cílios e dos delineadores para conseguir um olhar dramático e penetrante. Os fios curtinhos valorizavam ainda mais a beleza do rosto da diva. Nos anos 1960, os olhos eram o ponto central do rosto, por isso sempre apareciam super valorizados com sombras esfumadas e cílios longos. Com Twiggy não era diferente; a bela mantinha os olhos amendoados sempre muito bem pintados, formando uma aparência de "menina-boneca".

Côncavo marcado era hit nos anos 1960

O delineador estava sempre presente nas produções de Twiggy, que apostava no cosmético em um traçado rente aos cílios e marcando a linha do côncavo. Para copiar o visual, pegue um delineador ou lápis de olho preto com a ponta mais fininha e faça um traço fino e bem próximo aos cílios superiores, acabando exatamente onde terminam os olhos. Depois faça um traço marcando o côncavo, começando pela parte interna dos olhos e seguindo até encontrar o outro traçado já feito. O truque ajuda a deixar o olhar mais fundo e dramático, ótimo para uma make inspirada nos anos 1960.

Cílios em evidência eram o estilo preferido da top

Os cílios eram sempre o grande destaque nas makes da supermodelo, deixando-a com cara de boneca. Além dos superiores, os cílios inferiores também ganhavam um espaço enorme na produção. A principal diferença do efeito é que, ao invés de fios bem separadinhos, como costumamos usar, eles aparecem bem grossos e grudadinhos, por isso é importante aplicar muitas camadas de máscara de cílios. Para reproduzir o look as mulheres da época tinha um truque: elas criavam pequenos traços com o delineador na pálpebra inferior, como se imitassem os cílios, dando mais destaque para a área.
Com os olhos sempre em evidência, a boca ficava escondida na produção, recebendo apenas batons opacos em tons rosados, "cor de boca" ou nude. As maçãs do rosto também não apareciam marcadas, recebendo apenas leve pinceladas de blush pêssego.