Unhas de cada década: veja como adaptar as tendências de esmaltes e nail arts para a sua próxima manicure!

Veja como adaptar a meia-lua e outras tendências para as unhas de cada década na sua próxima manicure (Foto: Instagram @aliciatnails)
Veja como adaptar a meia-lua e outras tendências para as unhas de cada década na sua próxima manicure (Foto: Instagram @aliciatnails)

Assim como na maquiagem, cada década também teve suas tendências de esmalte e decoração para as unhas. Se você sempre quis experimentar alguma delas, mas teve medo de deixar o visual datado, a matéria de hoje é para você.

Relembramos algumas esmaltações que foram sucesso em épocas passadas e incluímos algumas dicas para deixá-las mega atuais. Para apostar sem medo, viu? Confira!

Anos 30: adapte as unhas meia-lua com a tendência negative space

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Alicia Torello (@aliciatnails) em

Você sabia que os esmaltes só começaram a bombar nos anos 30? Foi nessa época que o esmalte vermelho foi conquistando uma série de fãs, principalmente se fosse aplicado no formato de meia-lua, deixando a base da unha sem nada. Perfeito e superfácil de recriar, né? Se você curtiu a ideia, você pode se inspirar na tendência do negative space e deixar alguns detalhes vazados para valorizar ainda mais a cor que você escolher.

Anos 40 e 50: formato stiletto em cores fortes continua em alta

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por MADINA_NAILS (@madina_nails) em

Já nos anos 40, as esmaltemaníacas mantinham as unhas em formato stiletto, dando a impressão de mãos menores e mais alongadas. A combinação preferida delas era formada por esmaltes em tons quentes, como o vermelho e o laranja queimado. A boa notícia é que essa dupla continua em alta, então pode imitar sem medo, viu? Se quiser variar, o stiletto também valoriza outras cores fortes, como vinho e roxo.

Anos 60 e 70: aposte em esmaltes clarinhos cremosos e metalizados

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Cassandre Marie (@cassmariebeauty) em

Durante os anos 60 e 70, foi a vez dos esmaltes clarinhos, como rosinha e branco, reinarem. As unhas compridas também mudaram levemente de formato, ficando mais ovais. A ideia era que o conjunto passasse uma ideia mais romântica e delicada. Os anos 70 trouxeram também a tendência dos esmaltes metalizados, inspirados no brilho das discotecas. Para sua próxima manicure, vale testar um esmalte mais claro, mas com um acabamento diferente - o resultado é super atual!

Anos 80: formato quadrado e esmaltes de cores fortes deixam a manicure mais ousada

Os anos 80 trouxeram outro queridinho: unhas longas em formato quadrado, que ainda vemos muita gente usando por aí! Para refletir bem o clima da época, em que maquiagem e roupas bem coloridas estavam em alta, os esmaltes usados tinham tons bem fortes. O pink, por exemplo, era um dos mais pedidos. Se você costuma usar suas unhas arredondadas, essa é uma ótima inspiração para se aventurar com um formato mais diferente. Nail arts no estilo filha única também ajudam a completar a esmaltação vibrante de forma mais atual!

Anos 90: se suas unhas estiverem mais curtas, aposte nos esmaltes escuros com acabamentos diferentes

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por My Nail Couture (@mynailcouture) em

Com a chegada do estilo grunge, o minimalismo nas unhas virou tendência nos anos 90. As esmaltemaníacas da época apostavam nos esmaltes escuros, como azul, preto e marrom, deixando a manicure bem simples e o comprimento mais curto. Se você tem as unhas pequenas ou ainda está deixando elas crescerem, essa é sua inspiração! Você pode ainda escolher um esmalte metalizado, que dá um charme todo especial às pontinhas dos dedos.

Anos 2000: a francesinha clássica pode ser adaptada com cores, formatos diferentes e aplicações

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Akademia Semilac Warszawa (@akademia_semilac_warszawa) em

A clássica francesinha foi a esmaltação mais pedida durante os anos 2000, viu? Era impossível não se apaixonar pelo efeito mais romântico, mas ainda assim superelegante, que a pontinha branca deixava nas unhas. Esse design é atemporal e nunca saiu de moda, mas você sempre pode deixá-lo mais moderninho. Vale trocar a dupla de cores utilizada, apostar num formato diferentes para as pontinhas dos dedos e até aplicar algumas pedrarias!

Redação: Giovanna Pego