Unhas discretas: confira dicas para conquistar um acabamento perfeito com esmalte nude

O esmalte nude é um grande clássico, mas exige alguns cuidados para o acabamento perfeito
O esmalte nude é um grande clássico, mas exige alguns cuidados para o acabamento perfeito

Adorado pelas mulheres e em alta no mundo da moda, o esmalte nude já se tornou um verdadeiro clássico. Além de se adaptar a todos tons de pele, a cor combina com qualquer estilo de produção, garantindo unhas elegantes e bonitas. No entanto, para conquistar o visual perfeito não basta apenas escolher a tonalidade certa. Apesar do resultado discreto, o acabamento impecável requer alguns truques.

Esmalte deve ser escolhido de acordo com o tom da pele


Antes mesmo do esmalte, o cuidado com as mãos já exige uma dedicação especial. Como o esmalte nude expressa naturalidade, é importante que as unhas estejam fortalecidas, nutridas e niveladas, e para isso, vale apostar em bases adequadas para cada tipo de necessidade. As cutículas também precisam ser hidratadas com com produtos específicos, pois a pele a região é mais grossa que o restante do corpo.

Para escolher a tonalidade certa, tenha em mente que o esmalte deve harmonizar com a pele. "O esmalte não precisa ser idêntico à pele, mas é preciso que as tonalidades sejam parecidas para criar a impressão de unhas de fato nude", afirma a manicure Camila Santana. Quem tem a pele clara pode apostar em versões de fundo rosado, enquanto as morenas devem dar preferência aos tons de bege. Já para as negras, o caramelo surge como boa opção.

Textura cremosa garante efeito discreto


A textura mais indicada para um acabamento perfeito é a cremosa. "Tanto o acabamento cintilante quanto o fosco chamam mais atenção do que este estilo pede. Por isso, damos preferência ao esmalte cremoso finalizado com uma camada de extra brilho", explica a profissional do nail bar Clube Esmalteria. Além do acabamento final, o top coat ainda garante uma maior durabilidade do esmalte.

Mas, se por acaso, as unhas lascarem, o esmalte nude é de fácil manutenção. Por ser uma cor clara, o retoque nas pontinhas é simples e rápido. Camila ainda afirma que, diferente dos esmaltes brancos, o nude não tem tendência a ficar manchado. "O que pode acontecer é uma transparência indesejada, mas que é facilmente resolvida ao passar a terceira camada de esmalte", garante ela.

Cor se adapta a qualquer comprimento das unhas


Mais um benefício da tonalidade é que ela não exige muita acetona para ser removida, já que este produto é altamente nocivo para as unhas por retirar seus óleos naturais. "A ideia de que o esmalte claro pode ser prejudicial é apenas um mito. O que realmente faz mal para as unhas é a acetona. E o esmalte nude ganha pontos por ser removido muito mais facilmente do que o vermelho, por exemplo", explica a manicure.

Já a escolha do comprimento das unhas deve ser feita de acordo com o estilo pessoal, pois não há um mais indicado. Em unhas compridas, o esmalte nude dá a impressão de dedos mais alongados por se harmonizar a tom da pele, o que garante um efeito mais sofisticado e ousado. Já para unhas mais curtas, o esmalte nude surge como opção para um visual discreto e delicado.